Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Hercules, a picape para enfrentar o apocalipse

Antônio Albuquerque, Edição

Se vai ter apocalipse, só saberemos quando acontecer. Mas enquanto o fim não chega, já tem carro pronto para o que der e vier. Já que parece que algumas fabricantes gostam de alusões ao Império Greco-Romano para enaltecer seu veículos. Desta vez foi a norte-americana Rezvani que apresentou uma picape com ares divinos. Batizada pelo nome do semideus Hercules e com elementos que fazem alusão ao Jeep Gladiator, o 6×6 mostra o que é necessário para encarar o apocalipse.

Buscando trazer um produto aos endinheirados que gostam de um design mais diferentão, a montadora entregou uma máquina que mede enormes 6,19 m de comprimento, 2,28 metros de largura e 2 metros de altura. Já a distância dos dois primeiros entre eixos fica em 3,50 m e dos eixos traseiros é de 0,99 m. Para isso, são necessários seis pneus, todos tracionados.

Indo na onda de Tesla Cybertruck e Hummer EV, você já deve estar pensando em algumas baterias elétricas para propulsionar a enorme picape. Entretanto, a Rezvani nadou contra a maré. Ela equipou o Hercules com um estrondoso V8 7.0 que entrega 1.318 cv de potência e 136,7 mkgf de torque.

Se o consumidor optar por algo menos barulhento, pode escolher um EcoDiesel V6 de 3,0 litros e 260 cv, ou um V6 3,6 de 285 cv. Se quiser uma pegada Dodge Challenger SRT Demon, dá para escolher até um HEMI V8 de 6,4 litros e 507 cv que equipava o muscle car.

Essas três opções de propulsores podem ser combinadas à transmissão automática de oito velocidades ou manual de seis velocidades. Contudo, o motor mais poderoso está disponível somente junto à transmissão automática de oito velocidades.

Similarmente à escolha do motor, o cliente pode personalizar também o tipo de tração, entre 6×2, 6×4 e 6×6. Para o último tipo de tração, a fabricante oferece dois pacotes off-road. Eles contém suspensão da Fox de 3 polegadas (7,6 cm) e pneus preparados para rodas em qualquer tipo de terreno. Para frear, ele utiliza pinças de freio de 16 polegadas e oito pistões.

Caso queira um utilitário preparado para o fim do mundo, está disponível uma edição Militar, que carrega blindagem, vidro à prova de balas e tanque de combustível auto-vedante. Além disso, há proteção contra explosão sob a carroceria e proteção de pulso eletromagnético, sistema de visão térmica/noturna, e sistema de cortina de fumaça.

Por fim, a edição de guerra leva também máscaras de gás, kit de hiportemia, sirene e luzes de strobos para cegar temporariamente possíveis alvos. Ou seja, veículo pronto para qualquer tipo de combate.

Apesar de todos inéditos componentes, a cabine é um pouco mais comum. Dessa forma, ela leva sistema de infotainment Alpine com central multimídia de 9 polegadas, compatível com Apple CarPlay. Pagando um pouco mais, os assentos recebem acabamento em couro premium.

Como resultado, o Hercules não sairia nada barato. O preço inicia em US$ 225 mil (cerca de RS 1.233 milhão na conversão direta) e salta para US$ 325 mil na Edição Militar (ou R$1.782 milhão sem impostos embutidos). No entanto, com as várias personalizações de motor e trações, o veículo pode chegar a até US$ 474 mil (cerca de R$ 2,6 milhões).

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente