Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Homem-cachorro americano mata e morde as vítimas

Foto/Reprodução
Bartô Granja

Um ex-estudante universitário foi preso por causa do bizarro assassinato de um casal na Flórida, que o envolveu mordiscando o rosto de uma vítima e fazendo grunhidos. De acordo com a conclusão de um psicólogo forense, Austin Harrouff, de 22 anos, sofria de uma psicose que o fez acreditar que ele era “meio cachorro, meio homem”, de acordo com o Palm Beach Post.

Um relatório do médico diz que o assassino continuou mordendo sua vítima apesar de ter sido baleado e tocado várias vezes. Membros da família disseram que ele acreditava ser “invencível”.

“O fato de que Harrouff persistiu em morder a vítima do sexo masculino na presença de policiais, apesar de ter sido baleado, sendo provocado e recebendo vários pontapés na cabeça, sugere que o agressor estava ativamente psicótico”, disse o médico Phillip Resnickc em seu relatório.

“Austin é um monstro, e ele merece pagar com sua vida ou, no mínimo, ser preso na prisão pelo resto de sua vida, mas, novamente, não temos controle sobre isso”, disse Jodi Mishcon-Bruce, irmã de uma das vítimas. “Nosso único recurso neste momento é desarquivar uma ação civil contra ele e mostrar ao mundo exatamente quem é Austin.”

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente