Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cananéia

Homem usava pente de marfim há 3 mil anos para matar piolhos

Publicado

Foto/Imagem:
James Tweder/Via Sputniknews - Foto Reprodução

Arqueólogos decifraram a inscrição mais antiga conhecida em uma região do Oriente Médio, como sendo de um pente para acabar com piolhos em barbas e cabelos de homens.

“Que esta presa arranque os piolhos do cabelo e da barba!” lê a oração na língua cananeia no pente de marfim de 3.700 anos.

O professor Yosef Garfinkel, da Universidade Hebraica de Jerusalém, disse que o simples utensílio doméstico da idade do bronze foi uma descoberta significativa.

“Esta é a primeira frase encontrada na língua cananeia em Israel”, enfatizou Garfinkel. “A inscrição do pente é uma evidência direta do uso do alfabeto nas atividades diárias há cerca de 3.700 anos.”

O artefato foi descoberto em 2017, mas a escrita esculpida era tão fraca que não foi notada até que o pente atingisse o estágio de pós-processamento no início deste ano.

O epigrafista semítico Daniel Vainstub decifrou a frase de sete palavras escritas usando 17 letras no alfabeto proto-cananeu que foi adaptado de hieróglifos egípcios.

Os cananeus, um povo frequentemente mencionado no Antigo Testamento, habitavam o Levante – a Arábia mediterrânea – no que hoje é Israel , Palestina, Líbano e Síria. Fontes históricas os nomearam como os ancestrais dos povos fenícios e púnicos do Oriente Médio e Norte da África, contemporâneos das civilizações grega e romana.

“Existem cananeus em Ugarit, na Síria, mas eles escrevem em uma escrita diferente, não no alfabeto usado até hoje”, disse Garfinkel. “As cidades cananéias são mencionadas em documentos egípcios, nas cartas de Amarna que foram escritas em acadiano e na Bíblia hebraica”.

O pente, feito de marfim de presa de elefante, tem apenas 3,5 cm por 2,5 cm, com dentes em lados opostos. Assemelha-se muito aos implementos modernos para livrar o cabelo das crianças dos piolhos ou o pelo dos animais de estimação das pulgas. Foi descoberto durante escavações em Tel Lachish, o local de uma grande cidade cananeia e da Judéia.

Exemplos de escrita cananeia são muito raros: 10 dessas inscrições foram descobertas em Laquis, mais do que em qualquer outro local em Israel, mas o pente contém a primeira frase completa encontrada.

Publicidade
Publicidade