Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Ibaneis vendeu gato por lebre para servidores

Foto/Arquivo Notibras
Bartô Granja

Mais uma ducha de água fria nas promessas do governador Ibaneis Rocha (MDB). O propalado reajuste nos salários de diferentes categorias profissionais feito ainda na campanha eleitoral e reiterado ao longo dos últimos 100 dias, vai ficar na vontade.

Para os funcionários públicos de Brasília, ter mais uns trocados na conta no fim do mês é uma mera ilusão, principalmente para categorias que têm os salários pagos por recursos da União. No caso, professores, médicos e policiais – civis,  militares e corpo de bombeiros.

Os aumentos não virão este ano e muito menos em 2020. Foi o que decidiu o Palácio do Planalto, ao anunciar na segunda, 15, que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) não prevê reajustes novos para servidores. E, pior, também não haverá concurso público.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente