Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Eles estão por aí

Impressões tecnológicas de ETs são mais rápidas de detectar

Publicado

Foto/Imagem:
Alexandra Kashinira/Via Sputniknews - Foto Reprodução

As assinaturas tecnológicas são sinais de rádio alienígenas, naves espaciais, fontes de luz artificial em planetas e poluição atmosférica – tudo isso é considerado uma evidência mais clara de que existem civilizações alienígenas.

Cientistas do Instituto de Busca por Inteligência Extraterrestre (SETI) sugeriram em um estudo recente parar de procurar bioassinaturas nas atmosferas de planetas distantes e se concentrar em sinais tecnológicos de civilizações avançadas, pois podem ser encontrados mais rapidamente.

O astrônomo da Universidade da Pensilvânia, Jason Wright, e seus colegas acreditam que a tecnologia alienígena é mais comum e mais fácil de detectar do que as assinaturas biológicas, já que o número de planetas ou mesmo sistemas estelares nos quais as assinaturas tecnológicas podem ser encontradas é muito maior do que o número de planetas com sinais biológicos.

De acordo com a teoria de Wright, alienígenas tecnologicamente avançados são mais fáceis de detectar da Terra do que bilhões de outros mundos, mesmo que estejam repletos de vida. Uma forma de vida inteligente pode criar rádios, lasers, naves espaciais e até esferas Dyson. Nesse caso, essas civilizações podem semear com suas tecnologias não apenas seu próprio planeta, mas também os vizinhos e até sistemas estelares inteiros.

A tecnologia pode até sobreviver à civilização que a criou, continuando a enviar assinaturas tecnológicas pelo espaço sideral.

“Não estamos tão longe de ser capazes de descrever como as máquinas podem se auto-reparar e até se reproduzir sem qualquer intervenção humana, então também é fácil imaginar que a tecnologia pode se tornar autossuficiente e sobreviver a seus criadores dessa maneira”, disse Wright ao Inverse.

Os autores do estudo citam como exemplo nossa civilização, que espalhou suas próprias tecnologias por todo o sistema solar e até além e, notavelmente, nossas tecnologias espaciais já podiam ser detectadas por alienígenas.

Além disso, eles podem continuar enviando assinaturas tecnológicas depois que nossa civilização morrer, de acordo com a astrônoma do Instituto SETI, Jill Tarter. “Os satélites Lageos provavelmente continuarão a orbitar a Terra muito tempo depois que o planeta se tornar inabitável”, disse ela.

Publicidade
Publicidade