Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Inter faz dever de casa e deixa o Beira-Rio com vaga garantida

Publicado

Foto/Imagem:


O Internacional disse até logo ao Beira-Rio com vitória e classificação. Nesta quarta-feira, no último jogo antes da entrega do estádio para a Fifa em virtude da Copa do Mundo, o Colorado venceu o Cuiabá-MT por 4 a 1. Gols de Alex, duas vezes, Rafael Moura e Fabrício. Alan Popô descontou. Um triunfo que começou com futebol burocrático, mas terminou com a confirmação da superioridade técnica e garante vaga na terceira fase da Copa do Brasil.

Além de atuar pela última vez na sua casa, o Inter também disse adeus ao lateral direito Gilberto – convocado pela seleção brasileira sub-21, e o meia Aránguiz. O chileno, que disputará a Copa do Mundo, foi destaque com dois passes para gol.

D’Alessandro, com a intensidade habitual, foi outro que chamou atenção em uma partida que teve picos de sonolência. Mas que nunca esteve fora de controle do Inter.

Na próxima fase, o Inter pega o vencedor do confronto entre Chapecoense e Ceará. Nesta quarta, na partida de ida, o time de Chapecó perdeu em casa por 2 a 1.

A despedida temporária do estádio não foi com atuação irretocável, mas sim oscilante. Um primeiro tempo quase burocrático, mas uma etapa final com confirmação do favoritismo.

O Inter começou no ataque, mas sem profundidade. Em vantagem desde o primeiro minuto – por ter empatado em um gol como visitante, o time dirigido por Abel Braga parecia relaxado. Os passes errados se multiplicavam e os chutes a gol não levavam perigo.

Alan Patrick chutou por cima uma oportunidade – construída com cruzamento de Aránguiz e desvio de Rafael Moura para o meio. Mas de resto, o setor ofensivo do Colorado padecia de falta de criatividade. E sofria diante de uma marcação intensa do Cuiabá.

A monotonia só foi quebrada aos 23 minutos. Foi quando Alan Patrick fez boa finta na intermediária e serviu Rafael Moura. O centroavante viu Alex passar e tocou para o meia. Na saída do goleiro, o camisa 12 chutou e enfim botou o Inter em vantagem: 1 a 0.

Após o gol o que era devagar ficou mais lento ainda. O Inter visivelmente tirou o pé e o Cuiabá tentou se aproveitar. Levou perigo com um chute de longe, mas assustou de fato na bola parada. Luis Eduardo desviou de cabeça e Dida salvou o que seria o empate.

“A gente fez o gol e parou. Tudo bem, tem jogo quarta e domingo e às vezes você passa a administrar o jogo naturalmente. Mas dá para melhorar. Foi bom”, resumiu Alex.

No segundo tempo, o Cuiabá tentou sair mais e o Inter agradeceu. Resultado: chuva de gols. Mais altivo, o Colorado ampliou aos 9 minutos. Fabrício lançou Aránguiz e o chileno foi na linha de fundo. De lá, cruzou para Rafael Moura executar quase em cima da linha do gol: 2 a 0.

Antes do fim a equipe visitante ainda assustou com uma bola longa que Dida saiu para abafar. O Inter respondeu com um chute colocado de D’Alessandro e outro de Alan Patrick. Mas marcou mesmo com Alex, após nova assistência de Aránguiz, e Fabrício, de cabeça após escanteio da direita. Quando o jogo parecia terminado, Alan Popó encobriu Dida e enfim deu números finais: 4 a 1.

O Colorado, agora se volta exclusivamente ao Brasileirão. No domingo, o time visita o Criciúma às 18h30min. O retorno ao Beira-Rio só acontece em 20 de julho, diante do Flamengo.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade