Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


País em frangalhos

Invasão russa tirou 600 bilhões de dólares da economia ucraniana

Publicado

Foto/Imagem:
Bartô Granja, Edição - Foto de Arquivo

O gabinete ucraniano avalia que os danos econômicos cumulativos infligidos pelas hostilidades em meio à operação militar da Rússia na Ucrânia aumentaram para US$ 600 bilhões.

O número reflete as perdas do país com uma economia em contração, rotas de exportação bloqueadas e negócios interrompidos, bem como danos materiais incorridos em infraestrutura e habitação, manufatura, estradas e linhas de comunicação.

Para reparar esses danos, é necessário um esforço coordenado com a participação de governos estrangeiros, autoridades locais e entidades privadas, diz o governo.

“O Governo já lançou uma fase prioritária de reconstrução nos territórios libertados. Neste momento, estamos reparando estradas e casas individuais”, afirma nota do gabinete presidencial.

No final de abril, estimou-se que as primeiras seis semanas das hostilidades causaram uma perda total de US$ 500 bilhões à economia da Ucrânia, projetando que esse número chegaria a US$ 1 trilhão, se o conflito se prolongasse.

O Banco Mundial previu que a economia ucraniana se contrairia em 45% até o final do ano, com danos físicos a edifícios e infraestrutura em todo o país estimados em cerca de US$ 60 bilhões em abril.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse anteriormente que a reconstrução da Ucrânia exigiria um grande apoio em nome dos aliados ocidentais na forma de um plano estratégico de apoio internacional “que será uma versão moderna do histórico Plano Marshall”.

Publicidade
Publicidade