Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Irã liga chegada do coronavírus a guerra biológica

Bartô Granja, Edição

Depois de o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, sugerir em sua página do Twitter na quinta-feira, 12, que o coronavírus  poderia ter sido “trazido” para a cidade chinesa de Wuhan por um grupo infiltrado de militares americanos, o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, declarou nesta sexta, 15, durante um discurso às forças armadas do país,que o surto poderia ter sido orquestrado intencionalmente.

Em sua manifestação, Khamenei se referiu a “algumas evidências” que sugeriam que a pandemia era feita pelo homem, mas não deu mais detalhes. Por sua vez, ao sinalizar no mesmo sentido, o chinês Lijian manteve silêncio a partir da sua publicação no Twitter.

“[O estabelecimento da ‘Base de Saúde e Tratamento’ pelos militares] também pode ser considerado um exercício de defesa biológica e acrescentar à nossa soberania e poder nacionais, dadas as evidências que sugerem a probabilidade de [o surto] ser um ‘ataque biológico”, insistiu Khamenei.

Em sua postagem, o diplomata chinês também incluiu um vídeo de uma audiência envolvendo o chefe dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, admitindo que alguns pacientes americanos que pareciam ter morrido de gripe tiveram um resultado positivo para o coronavírus . Zhao Lijian pediu aos Estados Unidos que “fossem transparentes”, mas não explicou por que suspeita que os comandados de Donald Trump tenham trazido o coronavírus para a China.

Segundo o último relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), o coronavírus COVID-19 já infectou cerca de 130 m il pessoas e resultou em quase 5 mil mortes em todo o mundo. Os relatórios iniciais sobre a infecção vieram da China, onde 80.981 pessoas foram infectadas e 3.173 morreram. No entanto, a propagação da doença no país asiático diminuiu, com a Itália e o Irã sendo responsáveis ​​pela maioria dos novos casos de infecção atualmente relatados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente