Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Saúde

Isolamento exige calma para manter mente sã

Carolina Paiva, Edição

Desde que o novo coronavírus Covid-19, vem se espalhando rapidamente por diversos países, incluindo o Brasil, o medo e a angústia estão sendo companheiros presentes no dia a dia de muita gente. O número de pessoas contaminadas cresce a cada dia que passa e, como sabemos que o contágio desta doença é incrivelmente rápido, o Ministério da Saúde ordenou isolamento por 14 dias, e quarentena de até 40 dias para frear a pandemia.

Estabelecimentos estão sendo fechados no país e algumas capitais estão decretando situação de emergência e mudando completamente a rotina da população para que todos consigam se unir e fazer o necessário para que o contágio da doença seja controlado.

Embora o número de pessoas com este novo vírus venha crescendo desenfreadamente e essa seja a maior preocupação de todos, uma psicóloga de Pernambuco, Taciana Breckenfeld, afirmou que nesta hora é imprescindível manter-se isolado e ao mesmo tempo focar em coisas que fazem bem, tendo de alguma forma a tecnologia e muitas outras coisas que podem ser utilizadas para benefício físico e mental dentro desse sistema atual.

É válido lembrar aqui, que permanecer isolado em casa e acatar a quarentena, são atitudes extremamente responsáveis, pois mesmo não fazendo parte do grupo de risco, se você contrair a doença, poderá transmiti-la para as pessoas que vivem ao seu redor. Não é hora de pensar somente em si mesmo, mas sim ter empatia e se preocupar com um todo – idosos, asmáticos, fumantes, pessoas com doenças cardíacas e diabéticas são o principal grupo de risco.

Vamos te dar algumas dicas de como manter a saúde mental durante a época de quarentena, mas antes, saiba que se desesperar não te ajudará em nada! A situação atual do mundo é grave, mas irá passar! Tudo o que você precisa fazer é manter-se isolado e cuidar da sua mente.

1. Evite o excesso de informações
Antes de qualquer coisa, não fique conectado o tempo todo procurando por novas notícias sobre o vírus. Estar sempre em volta deste assunto só fará com que você se sinta preocupado e cheio de incertezas sobre tudo. Filtre tudo o que você lê e claro, fique ligado nas fake news. Se você sentir que está ficando mal por tanta informação, dê um tempo dos sites de notícias e vá fazer coisas te fazem bem. Mantenha os cuidados necessários nessa hora e fique calmo!

2. Cuide do seu corpo
Faça atividades físicas e cuide da sua alimentação. Coma frutas, vegetais, alimentos que fazem bem para o seu sistema imunológico e pratique exercícios. Evite abusar de bebidas alcoólicas e não use drogas, mantenha a sua mente leve para que você consiga manter a calma em todas as situações. Lembre que a prática de exercícios físicos faz com que o cérebro libere endorfina e substâncias químicas que promovem o relaxamento!

3. Faça coisas que te dão prazer
Escute muita música, faça um curso online, entre em contato com amigos que você não fala há um tempo, leia livros, faça maratona de séries (logo abaixo daremos dicas de série para a quarentena), assista vídeos sobre assuntos do seu interesse, faça planos e organize a sua vida durante essa pausa que o mundo inteiro está dando da rotina habitual.

Se você gosta de estudar ou quer usar o seu tempo de uma boa forma para enriquecer o seu conhecimento, veja algumas instituições que têm cursos profissionalizantes online e inteiramente gratuitos:

– Fundação Getúlio Vargas: a FGV disponibilizou 55 cursos online gratuitos. Entre eles estão: Ética Empresarial, Direitos Autorais e Sociedade, Introdução à Administração Estratégica, Recursos Humanos e Conceitos e Pilares do Marketing.

– SENAI: esse programa do sistema S conta com 12 cursos totalmente gratuitos e online, como por exemplo: Desenho Arquitetônico, Finanças Pessoais, Empreendedorismo, Metrologia, Segurança do Trabalho, Lógica de Programação e Noções Básicas de Automotiva.

– Plataforma Udemy: essa plataforma de cursos online disponibilizou mais de 40 cursos na área da tecnologia também gratuitos. Entre eles, Python, HTML5, C e C++, WordPress, HTML, JAvaScript, entre outros.

4. Estabeleça uma rotina
Tente criar uma rotina de trabalho e de autocuidado, assim o seu dia fluirá mais leve e organizado. Manter a organização faz com que você se sinta bem e sem pendências. Ficar em casa por muitos dias pode te deixar um pouco incomodado com certos detalhes, mas manter a ordem física te proporcionará um bem estar mental muito grande.

5. Não hesite em pedir ajuda
Se por acaso você se sentir ansioso, sobrecarregado ou deprimido, não pense duas vezes antes de pedir ajuda. Ligue para um amigo, um familiar, converse e externe tudo o que você está sentindo. Nesse momento, o isolamento é necessário mas você não precisa esconder o que sente. É normal sentir medo, é normal sentir ansiedade por querer que essa fase ruim passe logo, mas saiba que você não está sozinho! Não se esqueça do Centro de Valorização da Vida que atende no número 188, é só ligar!

6. Faça meditação guiada
Meditação guiada é um tipo de meditação no qual um indivíduo medita sendo conduzido por um professor ou praticante treinado. Este tipo de meditação pode ser feito tanto pessoalmente quanto por um texto, uma gravação de voz, vídeo e até mesmo aplicativos específicos para este tipo de prática. Já que o indicado é não sair de casa, você pode baixar um aplicativo no seu celular. Veja algumas dicas:

– Sattva: disponível para iOS e Android, perfeito para iniciantes na meditação. O app é capaz de monitorar a sua frequência cardíaca e ainda registra o seu humor antes e depois da meditação, para que você possa observar se a prática está surtindo efeito ou não!

– 5 minutos: esse aplicativo é incrível para quem busca por calmaria durante o dia. Também disponível para iOS e Android, o “5 minutos” tem uma proposta muito simples: você pode agendar ou não uma hora para que o app te faça parar de fazer qualquer coisa por somente cinco minutos, para que o seu humor seja beneficiado. Como eles fazem isso? O app conta com sons agradáveis, orientações capazes de promover a correção postural e também a respiração.

– Insight Timer: esse app possui um grande diferencial: você pode interagir com outras pessoas que usem o aplicativo. O intuito é viabilizar uma maior conexão para que todos possam ajudar e incentivar uns aos outros. Com mais de nove mil meditações guiadas por áudio separadas por tópicos, você ainda pode escolher a opção que mais lhe interessar: se você quiser relaxar para dormir, há a opção de meditação guiada para pegar no sono. Disponível para iOS e Android.

7. Assista vídeos no Youtube
Todos sabemos que o Youtube é uma plataforma imensa de compartilhamento de vídeos que possui diversos tipos de conteúdo. Você pode procurar por vídeos para fazer exercícios em casa, aprender dança ou a tocar algum instrumento, pode buscar por canais de humor para dar algumas gargalhadas, aprender mais sobre culinária caso você não saiba cozinhar muito bem (rs) e também assistir a alguns vídeos para fugir das notícias ruins que aparecem na televisão a todo o momento. Veja algumas dicas:

– Para fazer exercícios físicos e dança
Canal Lu Oliveira: a educadora física Lu ensina de forma super didática inúmeros tipos de exercícios para que você fortaleça os músculos em casa, com o uso de acessórios bem simples. Além dos exercícios, ela também dá algumas dicas para que você se alimente bem para manter a forma!

Canal Daniel Saboya: esse é o canal perfeito para te ajudar a queimar algumas calorias dançando! O professor de dança Daniel Saboya ensina várias coreografias de músicas para que você faça na sua sala e aprenda muitos passos e se divirta! Detalhe: ele é bem eclético, então tem coreografia para todos os gostos musicais!

Canal Bloguilates: a influenciadora Cassey Ho é quem comanda este canal fitness que faz muitas pessoas suarem na prática de seus exercícios. O canal é em inglês, porém mesmo assim é muito fácil de acompanhar. Muito criativa, Cassey ensina atividades para serem feitas enquanto você assiste televisão e até com um travesseiro para os dias em que você estiver muito preguiçoso!

– Para dar boas risadas
Canal Castro Brothers: esse canal é ótimo se você está cansado dos canais de comédia stand-up e não quer ouvir nenhuma historinha, apenas piadas. Os brother’s criaram um quadro chamado “UTC”, onde fazem uma batalha de trocadilhos e quem rir primeiro, perde! Você pode anotar algumas ideias e fazer em casa, que tal?

Canal 90: não importa se você nasceu nos anos 90 ou não, esse canal irá te fazer gargalhar por um bom tempo. O Nogy, criador e apresentador do canal, cria vários vídeos sobre as presepadas que aconteceram nos anos 90: comerciais que viraram piada, entrevistas malucas, propagandas enganosas da televisão, brigas entre famosos, entre muitas outras coisas que aconteceram nessa época.

– Para ficar por dentro da vida dos famosos (que atire a primeira pedra quem não gosta)Canal Foquinha: a jornalista Fernanda Catania, mais conhecida como Foquinha, comumente entrevista vários famosos nacionais e internacionais e está sempre por dentro de tudo o que acontece no mundo da música! Com certeza nessa quarentena ela vai dar um pause nas entrevistas, mas tem muito conteúdo super leve e divertido no canal dela que você pode assistir e ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo dos famosos. Inclusive, ela dá dicas de várias séries e também expõe a sua opinião – não se preocupe, ela avisa quando tem spoiler!

Canal Na Lata: aqui só tem babado! Apresentado por Lady Fontinelli, o canal é baseado em entrevistas, onde sempre recebe algum famoso que participa de algum assunto polêmico que ocorre no momento e a internet não perdoa! Geral alfineta a vida alheia sim e todo mundo conta as horas para que seus vídeos sejam postados.

Canal Diva Depressão: nesse canal só tem assunto polêmico mas, você entra na vida dos famosos e ainda dá muitas gargalhadas! Comandado por Eduardo Camargo e Filipe Oliveira, o canal é alvo dos internautas que desejam ouvir os hilários comentários dos youtubers sobre vários acontecimentos que rodeiam alguns artistas.

8. Leia e-books
Na internet tem diversos sites de e-books gratuitos sobre todos os assuntos que você imaginar. Ler só te trará benefícios! Veja alguns sites que disponibilizam de forma gratuita esse tipo de produto e facilitam o acesso da população a diversos títulos:

– Amazon Brasil: entre os diversos títulos disponíveis, estão algumas obras de Casimiro de Abreu, Aluísio de Azevedo, José de Alencar, entre outros e também alguns e-books mais recentes como mangás e HQs;

– Biblioteca Mundial Digital: o site dessa biblioteca conta com um grande acervo de aproximadamente 20 mil títulos sobre 193 países. Entre as obras disponibilizadas gratuitamente, estão alguns livros raros, diversos documentos históricos e também fotografias;

– Livraria Cultura – você também pode ler muitos e-books gratuitamente no site da livraria cultura! O site disponibiliza desde os clássicos do autor Edgard Allan Poe, até títulos acadêmicos

– Project Gutenberg – site que disponibiliza cerca de 56 mil e-books em diversas línguas, gratuitamente. Entre as obras mais acessadas estão: A Metamorfose, de Franz Kafka e Pride and Prejudice, de Jane Austen.

9. Assista séries com temas leves
Existem muitas séries e filmes com temas pesados, e o que você menos precisa nesse momento é assistir a algo que te deixe apreensivo, concorda? Vamos te dar algumas dicas de séries com conteúdos bem leves para que você se divirta enquanto assiste e tire um pouco o foco dos problemas atuais. Veja:

– Casamento às cegas (Netflix): essa série é uma das mais assistidas desde o seu lançamento (2020). É praticamente um reality onde homens e mulheres conversam através de cabines – não se vêem nem se tocam, apenas escutam a voz um do outro – com o intuito de se casar! Isso mesmo! Depois de um certo tempo de conversa, acontece um pedido de casamento somente pela conexão emocional, nada de contato físico! A partir desse noivado, os pombinhos vão para uma quase pré lua de mel e em seguida, moram juntos por algum tempo até subirem no altar. Acredite se quiser: o tempo entre o pedido e o casamento gira em torno de apenas 30 dias. Vale a pena assistir!

– The Circle (Netflix): série também estilo reality, onde pessoas confinadas em apartamentos disputam um prêmio em dinheiro. O que precisa para ganhar? Ser o maior influencer de todos! Eles também não se vêem, e não sabem se os participantes são reais ou fakes. É uma boa pedida para se entreter durante a quarentena!

– Grace and Frankie (Netflix): essa série conta a história de duas mulheres que estão na terceira idade e vêem as suas vidas virar de cabeça pra baixo quando os seus maridos pedem o divórcio para casar um com o outro. A partir disso, elas descobrem uma grande amizade regada a muito humor!

10. Fique com a sua família
Na correria da rotina de trabalho e estudos, muitas vezes todo mundo esquece de manter uma maior conexão com os seus familiares, e isso é normal. Aproveite essa época de isolamento para se aproximar e se achegar a sua família. Convide eles para participarem dessas atividades descritas acima, acalme o seu peito e também acalme o peito de cada um que está em casa com você. Trabalhem juntos para que a mente de todos se mantenha saudável e o desespero não faça parte dos dias.

É claro que todos devem ser informados sobre tudo o que está acontecendo, inclusive as crianças e os idosos. Mas, não permita com que eles tenham muito contato com essas notícias pesadas, como já dito anteriormente, o excesso de informação pode causar pânico. No meio de tantas informações, nem sempre todas são verdadeiras e é preciso filtrar tudo o que as crianças e os idosos ouvem ou assistem. Eles precisam de muita proteção! Esses grupos de pessoas não precisam absorver tanta coisa ruim. Tenha consciência social neste momento e preze pelo bem estar de todos, tanto físico quanto mental!

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente