Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Luto no cinema

Jean-Paul Belmondo, ícone das telas, morre aos 88

Publicado

Foto/Imagem:
Carolina Paiva, Edição - Foto/Divulgação

O ator francês Jean-Paul Belmondo morreu nesta segunda-feira em sua casa, aos 88 anos, segundo a agência de notícias France-Press, que cita como fonte o advogado dele.

Em Belmondo se unem as duas grandes correntes do cinema francês, que são também as do cinema europeu: de um lado, foi um ícone da modernidade que a Nouvelle Vague trouxe e filmou com os grandes da sua época, como seu descobridor Jean-Luc Godard e também com François Truffaut, Alain Resnais, Claude Chabrol e Jean-Pierre Melville (com o mestre do filme policial fez três).

De outro lado, o do eterno descaramento, a do feio conquistador e safado ao estilo francês, protagonista de filmes de sucesso voltados para o grande público. Gostava de protagonizar sequências de ação: dessa faceta nascem títulos como O Magnífico, O incorrigível, O Profissional, O Homem do Rio e Scoumoune, o tirano.

Publicidade
Publicidade