Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Joe Biden vence eleição e manda Trump para casa

Bartô Granja, Edição

O democrata Joe Biden é o 46º presidente dos Estados Unidos. A eleição do ex-vice de Barack Obama foi confirmada às 13h22 deste sábado, 7.  Com 77 anos, ele é o mais velho ocupante da Casa Branca. Em compensação, foi o mais novo senador da história dos Estados Unidos.

A confirmação da vitória veio com a virada na apuração dos votos na Pensilvânia. Biden alcançou até agora o total de 273 votos – o mínimo é de 270. Os estados de Nevada, Alasca, Geórgia, Carolina do Norte e Arizona ainda prosseguem com a apuração, mas Trump não poderá alcançá-lo.

De acordo com as apurações parciais em estados-chave, além de cálculos estatísticos e demográficos sobre a proporção de urnas ainda não apuradas, já não é mais possível para o presidente Donald Trump chegar a 270 delegados no colégio eleitoral.

Biden conquistou a vitória em Michigan e Wisconsin, dois estados cruciais para chegar à vitória, na tarde de quarta-feira (4). Em ambos estados, a apuração está praticamente concluída.

A indefinição deve se arrastar para os tribunais. Ao longo da semana, o presidente Donald Trump apresentou ações judiciais em diversas instâncias da Justiça americana questionando a contagem e acusando fraude na contabilidade de votos enviados pelo correio.

Há ainda a hipótese legal de recontagem em parte dos estados onde a margem entre os candidatos for inferior a um percentual pré-definida. Na Geórgia, a recontagem é provável diante da perspectiva de vitória de Biden por menos de 0,5 ponto percentual.

A litigância da parte de Trump ainda deve aumentar. Na noite desta sexta-feira, o presidente foi às redes sociais dizer que o adversário não deveria se autoproclamar presidente uma vez que “os processos estão só começando”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente