Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Kia risca 2020 do calendário e projeta 2021 melhor

Antônio Albuquerque, Edição

Se 2020 não está sendo lá um bom ano, a Kia preferiu já pensar em 2021. A empresa atualizou o calendário de lançamentos para o Brasil com Carnival e Stinger. A minivan vem em uma nova geração e o cupê de quatro portas com uma leve reestilização no visual.

No caso da minivan Carnival, que foi apresentada oficialmente lá fora no meio do ano, ela traz a nova linguagem visual da Kia. Na frente, uma grade maior com faróis de LEDs finos e estreitos e com DRLs de LEDs que se unem ao formato da grade. Em um recorte ficam os fachos de faróis alto, também de LEDs. Atrás, as lanternas foram transformadas em uma barra única que atravessa a traseira.

Ela cresceu 40 mm e o entre-eixos está 30 mm maior que o da geração anterior. Ela será oferecida, dependendo do mercado, em configurações de três ou quatro fileiras de banco. Cabem sete, oito ou até 11 ocupantes.

Entre outras funcionalidades da nova geração estão uma câmera interna que permite os ocupantes dianteiros enxergarem quem está atrás por meio da central multimídia. O sistema foi batizado de “Rear Passenger View & Talk” pela Kia”. O painel de instrumentos agora é virtual com 12,3 polegadas, mesma medida do sistema multimídia; que tem integração ao Android Auto e Apple CarPlay.

Ao menos para a Coreia, a Carnival será oferecida com algumas opções de motores. O 2.2 turbodisel de 200 cv, um 3.5 a gasolina de 268 cv ou o V6 3.5 com injeção direta e 290 cv. O câmbio é sempre o automático de oito marchas.

No caso do “sedã-cupê” Stinger, as mudanças são mais leves e basicamente novidades de ano-modelo. Ele tem novos faróis de LEDs, com um novo posicionamento das luzes e DRL incorporados. Na traseira, as lanternas tem um novo grafismo e são interligadas por uma barra de LEDs.

Outras pequenas mudanças são as opções de rodas de 18 ou 19 polegadas, dependendo do mercado, com novos desenhos, e ponteiras de escapes maiores, além de um difusor traseiro com estilo de corrida na traseira. Um pacote “Dark Package” será oferecido. Ele adota acabamento preto brilhante ao redor do difusor e cor preta nas ponteiras dos escapes e no logo da marca.

Por dentro, uma nova central multimídia de 10,25 polegadas com sistema de navegação integrado. Onde há couro no Stinger há também um costura com contraste na cor. O sistema de iluminação interna permite 64 possibilidade de cores.

Sob o capô deve ser mantido o motor V6 3.3 biturbo de 370 cv e 52 mkgf. O câmbio também é o automático de oito marchas e a tração é a integral sob demanda. Em alguns mercados ele é oferecido também com o quatro cilindros 2.0 turbo de 255 cv.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente