Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Krambeck preso suspeito de tráfico ambiental

Bartô Granja

Pedro Henrique Krambeck, estudante de medicina veterinária que foi picado por uma cobra naja no dia 7 de julho, foi preso nas primeiras horas da manhã desta quarta, 29.

A prisão, de caráter temporário, foi motivada por suspeita de Pedro Henrique  integrar um esquema para a prática de crimes ambientais. Ele deve permanecer preso por cinco dias.

A prisão temporária tem prazo de cinco dias e faz parte da quarta fase da Operação Snake. Na terceira fase, o amigo de Pedro que teria ocultado cobras, Gabriel Ribeiro de Moura, também foi preso temporariamente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente