Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Gorou

Lewandowski lava mãos e deixa caso Mendonça com Alcolumbre

Publicado

Foto/Imagem:
Pontes de Miranda Neto II - Foto Tomaz Silva

Ricardo Lewandowski negou nesta segunda (11) pedido de senadores bolsonaristas para obrigar o presidente da CCJ, Davi Alcolumbre, a marcar uma data para a sabatina de André Mendonça, indicado ao Supremo por Bolsonaro na vaga aberta com a aposentadoria de Marco Aurélio Mello. A cadeira está vaga desde 12 de julho. Ministros do STF, assim como outras autoridades federais, só podem assumir o cargo após sabatina e aprovação na CCJ e confirmação pelo plenário. Para Lewandowski, o assunto é uma questão interna do Senado e, por isso, não cabe interferência do STF.

Publicidade
Publicidade