Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cultura

Livros contam a história dos Beatles 50 anos depois do último show

Foto/Reprodução
Maria Fernanda Rodrigues

Todos os anos, as editoras mandam para as livrarias uma série de livros sobre os Beatles. São biografias de seus integrantes, obras sobre os bastidores da banda e de suas músicas. Livros para fãs e para crianças – os filhos dos fãs do quarteto de Liverpool.

Nos 50 anos do último show dos Beatles, o Apple Rooftop Concert, realizado no dia 30 de janeiro de 1969, num telhado em Londres, e interrompido por vizinhos que reclamaram do barulho, o Estado selecionou 8 livros sobre os Beatles lançados recentemente no Brasil – entre 2016 e 2018. Veja, abaixo, a lista organizada em ordem cronológica.

Há ainda muitos outros livros sobre os Beatles nas livrarias e sebos brasileiros, como The Beatles: A Biografia (Lafonte, 2007), de Bob Spitz. A biografia de John Lennon, escrita por Philip Norman, que recentemente retratou Paul McCartney, saiu pela Companhia das Letras em 2009. A Cosac Naify lançou, em 2014, Antologia, um amplo registro dos eventos em torno da banda até 1970, escrito pelos próprios integrantes e completado por entrevistas concedidas a programas de televisão e para a produção do vídeo The Beatles Anthology.

The Beatles: A Única Biografia Autorizada, de Hunter Davis, entrou no catálogo da BestSeller em 2015 e reúne as histórias levantadas pelo autor que acompanhou os músicos ao longo de 18 meses. Já a Larousse publicou, em 2009, Can’t Buy me Love, livro em em Jonathan Gould resgata a carreira da banda ao mesmo tempo em que oferece uma visão sobre a época e o contexto em que os Beatles despontaram. E em 2012, Henrique Rodrigues convidou um time de escritores brasileiros para escrever contos inspirados nas músicas dos Beatles. O resultado pode ser conferido em O Livro Branco, publicado pela Record. Esses são apenas alguns exemplos de como a banda britânica inspirou livros e foi retratada pela literatura.

Nos 50 anos do lançamento do clássico filme dos Beatles, Bill Morrison, um dos desenhistas de Os Simpsons e também editor da revista MAD, apresenta esta versão em graphic novel de Yellow Submarine. Baseado em várias músicas dos Beatles, o filme de 1968 conta a história de Pepperland, um paraíso subaquático onde o vento espalha as adoráveis canções da banda do Sgt. Peppers aos quatro cantos até que o líder dos Malvados Azuis, que odeia música, ameaça sua existência.

Se existe um divisor de águas na trajetória dos Beatles, este sem dúvida é o ano de 1966. Ele marcou momentos importantes na vida de John, Paul, George e Ringo, afastando-os cada vez mais da imagem de meros ídolos adolescentes e transformando-os em artistas respeitados.

Foi nesse ano que eles gravaram o seminal álbum Revolver, deixaram de compor apenas canções sobre amor e garotas, se envolveram ainda mais com LSD, fizeram sua última turnê e desenvolveram projetos pessoais – e tudo isso afetaria não apenas o futuro deles como grupo, mas também toda a cultura pop ocidental.

Em Beatles 1966, o jornalista Steve Turner faz uma deliciosa investigação da trajetória do quarteto de Liverpool ao longo desses 12 meses e nos transporta de volta a uma intensa era, que até hoje influencia o mundo onde vivemos.

Nos anos 1960, quando Richard Starkey ficou mundialmente conhecido como Ringo Starr, o grande público desconhecia as batalhas pessoais que o jovem já havia enfrentado: a infância difícil marcada por pouca escolaridade, doenças graves e longas internações hospitalares.

O livro resgata essas e outras histórias do músico: seus triunfos e vícios, os sonhos e polêmicas que os quatro jovens viveram, assim como os ressentimentos que marcaram o rompimento da banda. E fala sobre sua vida pós-Beatles.

Paul McCartney: A Biografia, de Philip Norman
Paul McCartney fumou maconha diariamente até depois dos 60. Ele e Yoko Ono ainda não se bicam. É mão de vaca. Compositor erudito respeitado por seus pares. Esses são alguns dos fatos contados por Philip Norman, que já retratou John Lennon (2009), na biografia que fez recentemente do líder dos Beatles.

The Beatles, de Steve Turner
O livro de Steve Turner reproduz todas as canções dos Beatles e conta curiosidades, entre as quais quando, como, onde e por que os álbuns foram concebidos. O autor explora, ainda, as origens, as influências e os significados das músicas, identificando também personagens e histórias por trás das canções. O volume é repleto de fotos e materiais extras, como entrevistas e outras histórias de bastidores.

As letras dos Beatles, de Hunter Davies
Obra reúne manuscritos de letras dos Beatles, além de outras que nunca haviam sido publicadas. O material foi garimpado por Hunter Davies, que conviveu com a banda e é autor de uma biografia autorizada dos Beatles, de acervo de colecionadores, amigos dos garotos de Liverpool e de museus. A coletânea traz cerca de 100 documentos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente