Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Longe de sumir, Covid vai piorar, adverte a OMS

Bartô Granja, Edição

A pandemia do novo coronavírus está longe de desaparecer. Ao contrário, a tendência é de piorar com o registro alarmante de casos, advertiu nesta segunda, 13, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Ele lamentou o fato de alguns países não aplicarem as recomendações básicas de saúde preconizadas pela OMS para controle da Covid-19 e que, caso essa situação continue, o quadro geral da pandemia piorará.

“Deixe-me ser direto: muitos países estão na direção errada. O vírus permanece como inimigo público número 1, mas a ação de muitas pessoas e governos não reflete isso”, disse Tedros. “Se as medidas básicas não forem seguidas, a única direção que essa pandemia pode seguir é piorar, piorar e piorar”.

O diretor-geral falou que no domingo, 12, 230 mil novos casos de covid-19 foram reportados à organização, sendo que 50% desses correspondiam a apenas dois países. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins desta segunda-feira, já são mais de 12,9 milhões de infectados pelo coronavírus registrados no mundo.

Novamente, Tedros ressaltou a necessidade de uma estratégia focada na supressão da transmissão e comunicação clara com sua população por parte dos governos. Também destacou que todo cidadão não deve deixar de seguir os princípios básicos: distanciamento social, higienização constante das mãos, uso de máscara, etiqueta respiratória e permanência em casa, se estiver doente. “Não tem atalhos nessa pandemia. Todos nós queremos uma vacina, mas precisamos usar as ferramentar que temos”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente