Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Lula vira pedra no sapato entre Brasil e Argentina

Pretta Abreu

Os argentinos pisaram na bola. Elegeram uma ameaça (Alberto Fernández) ao futuro da região. E o governo brasileiro, consequentemente, não vai parabenizar o eleito. Esse foi o comentário, já trocado em miúdos, do presidente Jair Bolsonaro sobre a volta da esquerda ao poder no país vizinho. “Lamento. Eu não tenho bola de cristal, mas eu acho que a Argentina escolheu mal”, disse o presidente nos Emirados Árabes. “Não pretendo parabenizá-lo. Agora, não vamos nos indispor. Vamos esperar o tempo para ver qual é a posição real dele na política, porque ele vai assumir, vai tomar pé do que está acontecendo e vamos ver qual linha que ele vai adotar”, disse. Durante a campanha, Bolsonaro torceu por Macri. Segundo ele, não vai apoiar um homem que se intrometeu nos assuntos internos brasileiros ao pedir a liberdade de Lula.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente