Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Macron culpa Trump por crise nuclear com Irã

Foto/Arquivo Notibras
Bartô Granja

O presidente da França Emmanuel Macron, disse nesta quinta-feira, 9, que Washington será responsabilizado se as autoridades iranianas abandonarem o acordo nuclear. “Se o Irã sair do acordo, a culpa será dos Estados Unidos. Não vamos misturar os papéis e dizer que são os europeus”, disse o líder francês na imprensa. conferência após a cimeira informal dos líderes da UE na cidade romena de Sibiu.

A observação de Macron se segue ao anúncio feito pelo Ministério das Relações Exteriores da Rússia, no início do dia, de que os Estados Unidos devem encerrar quaisquer atividades que dificultem a cooperação política e econômica de outros países com o Irã.

No decorrer do dia a chefe de política externa da UE, Federica Mogherini, observou que a União Européia continua comprometida com a implementação do Plano de Ação Integral Conjunto (JCPOA), assinado pelo Irã em 2015, desde que a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirme que Teerã age de acordo com o acordo.

Um ano depois da retirada dos EUA do acordo nuclear com o Irã, Teerã anunciou na quarta-feira que havia descontinuado parcialmente seus compromissos e deu à Europa 60 dias para garantir que os interesses do Irã fossem protegidos pelo acordo. Caso contrário, Teerã estará pronto para tomar novas medidas, revelou a chancelaria de Teerã. No mesmo dia, o presidente dos EUA, Donald Trump, impôs sanções aos metais iranianos, incluindo ferro, aço, alumínio e cobre.

Em 8 de maio de 2018, Trump anunciou sua decisão de se retirar do acordo nuclear com o Irã de 2015 e restabelecer uma ampla gama de sanções contra Teerã, incluindo sanções secundárias contra empresas e instituições financeiras de países que mantêm relações comerciais com a República Islâmica. O Irã, a China, a Alemanha, a França, a Rússia, o Reino Unido e a UE reafirmaram seu compromisso com o acordo após a saída dos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente