Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Maia articula nome de centro contra Bolsonaro

Mário Camargo, Edição

O deputado Rodrigo Maia (ainda no DEM), que tentou, sem sucesso, emplacar seu candidato Baleia Rossi (MDB) no comando da Câmara, articula agora, nos bastidores, um nome de Centro capaz de enfrentar e derrotar o presidente Jair Bolsonaro na próxima disputa presidencial.

No colete do ex-presidente da Câmara estariam alguns nomes, como dos governadores paulista Joao Doria e gaúcho Eduardo Leite, do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e até do apresentador da Globo Luciano Huck. Carta fora do seu baralho estaria o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro.

As revelações do deputado foram feitas em entrevista ao Estadão. Com um pé fora do Democratas – ele considera ter sido traído pelo presidente da legenda ACM Neto -, Rodrigo Maia também estuda os novo rumos a tomar. Pode ingressar no MDB ou em uma nova legenda que reúna políticos de centro.

“O MDB é um partido com quadros com quem eu tenho uma relação histórica muito importante. E me sentiria confortável”, afirma, por exemplo, o deputado, ao dar pistas sobre os próximos passos.

Maia defende que os nomes apontados por ele passem o ano debatendo e apresentando suas ideias, mas que isso produza uma candidatura única até o final de 2021. “Nessa eleição, mais importante do que nas outras, os projetos pessoais têm de ser engavetados. Todos têm o direito de colocar o seu projeto até um determinado momento. A partir daí, é óbvio que tem de se consolidar uma candidatura.”

Para Maia, todo o desgaste sofrido pelo presidente Jair Bolsonaro abre espaço político para uma candidatura de oposição nesse campo. Especialmente, com todos os problemas enfrentados pelo governo na condução do combate à pandemia do coronavírus. Ainda assim, ele insiste que não havia condições políticas para abrir um processo de impeachment contra o presidente, apesar dos mais de 60 pedidos que foram apresentados na Câmara durante sua gestão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente