Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Maia, ‘namorado’ de Bolsonaro, vai pra cima de Moro

Pretta Abreu

O domingo se encerra em Brasília com artilharia verbal de Rodrigo Maia (DEM), presidente da Câmara, contra Sérgio Moro. Em entrevista ao Uol, o deputado disse que o ministro da Justiça e Segurança Pública tenta, como estratégia permanente, acuar as instituições democráticas.

“Mas ele está aprendendo que a democracia é um valor mais importante que qualquer outro tema”, enfatizou, ao ser questionado sobre o pacote anticrime proposto pelo ex-juiz da Lava Jato.

Pode até ter sido coincidência, mas estranhamente, outro veículo paulista, o Estadão, também veio com entrevista de peso, só que com Jair Bolsonaro.  E enquanto Maia fazia críticas a Moro, o presidente, por sua vez, era só afagos com o deputado.

Trecho da entrevista, com a recordação de uma festa acontecida no Alvorada: ‘Vem cá Maia, vem aqui do lado do aniversariante, quem manda aqui sou eu. Você manda lá no Parlamento (risos)’. Eu falei que o nosso relacionamento começou com algum atrito, igual àquele grande amor que nasce de um acidente de trânsito. Você desce do carro, fala para a dona Maria: ‘A senhora não sabe dirigir’. E ela xinga: ‘Machista’. Conhecem ali, e vão ser felizes para sempre. Eu estou quase me casando com o Rodrigo Maia (risos)”.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente