Curta nossa página


Poema de amor

Majestosa, Dama do Jardim é fonte d’água

Publicado

Autor/Imagem:
Daniel Marchi - Foto Acervo Pessoal

Sorriso d’A Dama do Meu Jardim ficou comigo

A dama do meu jardim/Desdenha de artes ocultas/Verbaliza tenaz e segura/Uma pura ciência de números.

A dama do meu jardim/Investiga indescritíveis bricabraques/Em tranquilas tardes de julho/Descobrindo gentis turmalinas.

A dama do meu jardim/Aponta miroares distantes/Veste-se de um colorido elegante/Cheia de flores no chapéu.

A dama do meu jardim/É majestade, fonte d’água/Revive alegre os fatos da vida/Embarca em funiculares no deserto.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.