Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Da ficção à realidade

Mamutes podem voltar para acalmar clima da terra

Publicado

Foto/Imagem:
Bartô Granja, Edição - Foto Divulgação

Os mamutes lanosos podem voltar à vida na Terra, se depender de um grupo de cientistas e empresários que já recebeu de patrocinadores US$ 15 milhões (cerca de R$ 78 milhões) para isso.

A quantia destinada à empresa Colossal ajudará no desenvolvimento de tecnologias de engenharia genética que poderão criar um híbrido do mamute com o elefante asiático, chegando o mais próximo possível dos mamutes que já habitaram o planeta.

Alcançado este objetivo, o próximo passo seria povoar partes da Sibéria com esses animais, buscando o reequilíbrio ambiental.

“Isso fará toda a diferença no mundo”, comemorou o biólogo George Church, da Escola Médica da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, em entrevista ao jornal americano The New York Times.

Nos últimos oito anos, Church passou boa parte do seu tempo gestando o projeto com outros entusiastas da ideia. O ponto de partida do trabalho seria o material genético de restos congelados de mamutes que morreram há muitos milênios.

Mas há também aqueles que se opõem à ideia, citando problemas éticos em resgatar animais gigantes da extinção. Há também a imprevisibilidade de saber como esses mamutes se comportariam na Terra hoje. “Há toneladas de problemas que todos encontrarão ao longo do caminho”, opinou Beth Shapiro, paleogeneticista da Universidade da Califórnia, também ao The New York Times.

Publicidade
Publicidade