Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

Meninas do vôlei batem Rússia na despedida do mundial

Mário Camargo, Edição

Embora sem nehuma medalha, a Seleção Brasileira de Vôlei feminino deixou o mundial de cabeça erguida, ao bater a Rússia por 3 sets a 1, parciais de 28/26, 25/20, 21/25 e 25/19. Com isso, as brasileiras encerraram a competição na quarta posição, com 21 pontos.

A primeira colocação ficou com a China, que fechou o mundial invicta, com 11 vitórias em 11 jogos e 32 pontos somados. Os Estados Unidos terminaram em segundo, com 28 pontos, seguidos pela Rússia, que teve 23.

O jogo
Na primeira etapa, prevaleceu o equilíbrio. A eficiência brasileira no bloqueio, com seis pontos no fundamento, foi muito importante para a seleção conseguir a vitória na parcial por 28 a 26, com destaque para Lorenne e Fabiana.

O panorama de igualdade permaneceu no começo da segunda etapa. Nenhum dos dois times conseguiu abrir vantagem confortável, trocando muitos pontos e mantendo o empate no placar. Mas as brasileiras começaram a se impôr e fecharam o período com vantagem de cinco pontos: 25 a 20.

No terceiro set, a Rússia respondeu com força logo no começo. A seleção parecia desconcentrada e as Russas abriram 7 a 2 de cara. A efetividade do bloqueio brasileiro caiu muito no período e possibilitou a melhora do ataque russo. A vantagem foi administrada até o fim, devolvendo a seleção europeia para o jogo com uma vitória por 25 a 21.

Após a derrota na terceira etapa, a equipe de José Roberto Guimarães voltou mais atenta para a quadra e manteve o equilíbrio com a Rússia, como aconteceu no começo. Mas as adversárias não conseguiram acompanhar e chegaram a estar perdendo por 16 a 11. A vantagem foi tranquilamente administrada, fechando o set, e o jogo, em 25 a 19.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente