Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Menino de 12 anos assume ter matado Raíssa, de 9

Bartô Granja, Edição

Um menino de 12 anos assumiu ser o assassino da garota Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos. O suspeito esteve em uma delegacia da Polícia Civil de São Paulo nesta terça, 1, acompanhado dos pais.

Raíssa foi encontrada morta no domingo, 29, amarrada em uma árvore do Parque Anhanguera, na capital paulista. No depoimento, o menino disse que contou com a ajuda de um homem.

O garoto, cujo nome é mantido em sigilo, não revelou os motivos para o assassinato. Ele e a manina moravam na mesma rua, no bairro Morro Doce, zona norte de São Paulo.

Depois do depoimento à polícia, o suspeito foi ouvido por representantes do Ministério Público e encaminhado a uma unidade da Fundação Casa, entidade que visa recuperar menores infratores.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente