motor e plataforma

Mercedes revela a nova geração GLE em outubro no Salão de Paris

Mercedes divulgação
Genesco Benatto, Edição

A Mercedes-Benz enfim mostrou por completo a nova geração do GLE. O modelo estará no Salão de Paris em outubro e tem amplas melhorias em relação ao modelo anterior. O visual foi modernizado e agora é “baseado na harmonia entre emoção e inteligência”, segundo a Mercedes.

Pelas primeiras imagens oficiais, o GLE ficou de fato mais bonito. As linhas estão mais fluidas, embora o modelo não tenha perdido a imponência das gerações anteriores. Há novas rodas com tamanhos entre 18 e 22 polegadas e as lanternas traseiras estão menores e mais afiladas, como nos sedãs mais recentes da marca.

O novo motor. A primeira versão lançada será a GLE 450 4Matic, com o novo 3.0 de seis cilindros em linha com 370 cv. O torque chega a 51 mkgf entregues permanentemente às quatro rodas. O sistema elétrico de 48 volts ainda inclui uma função de booster, que adiciona 25 cv e 25,5 mkgf extras em curtos momentos quando necessário.

A transmissão é sempre automática de nove marchas. A novidade é que a Mercedes instalou uma caixa de transferência com embreagem multidisco controlada eletronicamente. Isso permite que o torque possa ser redistribuído para cada eixo.

O novo GLE vem ainda com todo o pacote de itens de segurança ativa oferecido pela Mercedes. Há monitor de distância do carro da frente, controle de cruzeiro adaptativo capaz de parar o carro totalmente, frenagem automática e monitores de ponto cego e faixa de rolamento.

Outra novidade é o E-Active Body Control. O sistema também usa a elétrica de 48 volts em conjunto com a suspensão a ar para controlar individualmente o amortecimento em cada roda. Tudo para diminuir rolagem da carroceria e inclinações exageradas em curvas.

COMPARTILHE