Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Metodologia moderna faz a diferença no ensino

Foto/Arquivo Notibras
Carolina Paiva

Um aluno introspectivo assistindo a desenvoltura do professor em sala de aula, estudantes rascunhando em cadernos e pais confiantes. São esses alguns dos ingredientes de histórias que ajudaram a posicionar a Rede Alub como uma escola de ponta, geraram interesse coletivo pela instituição de ensino – uma das mais respeitadas do Distrito Federal – e provocaram um debate sobre o modelo de ensino que realmente faz a diferença na vida dos alunos.

“Não há nada igual por aí quando o tema é ensino”, garante Learice Barreto de Alencar, diretora pedagógica da Rede Alub. Para ela, a Proposta Pedagógica do Alub está voltada para a formação do cidadão neste mundo de constantes mudanças. “O foco aqui é a aprendizagem significativa. Ou seja, as novas informações que chegam para os alunos se apoiam em conceitos relevantes e preexistentes em sua estrutura cognitiva. Assim, tudo fica mais interessante para o aluno”, diz.

Consolidada como uma das redes de ensino mais proeminentes do Distrito Federal, a Rede Alub conta diversas unidades de ensino espalhadas nas principais cidades satélite que montam o mapa da Capital do País. O conjunto de espaços educacionais aglutina mais de 6 mil crianças e adolescentes ansiosos para construir seus futuros e enfileirarem-se na larga lista de profissionais que um dia estudaram no Alub.

Jefferson Sousa faz parte desse mundo educacional e pede que se grafe o nome dele corretamente. Aos 16 anos, já tem altura de gente grande e ainda não parou de espichar. Filho de pai servidor público e mãe dona de casa, está no 2º colegial e não sabe se tenta entrar para a advocacia ou administração de empresas. Foi apresentado ao Alub graças a indicação de um tio e descobriu que ali era seu lugar.

“Já fui apontado como um dos alunos mais promissores da turma. Isso me incentiva a continuar me destacando. Quero mostrar para mim mesmo que os anos que passei na escola realmente valeram a pena”, argumenta Jefferson, que em seguida pede licença para levantar e vai se juntar à aula de Física das duas da tarde que está prestes a começar. “Confesso que Física não é minha matéria preferida, mas me esforço”.

Gestão eficiente – Arthur Mário Pinheiro Machado, presidente da Rede Alub, recita na ponta da língua os nomes que compõem a essência do santo graal da educação já na base: “Preparação Forte e Cidadã, Linguística Psicossocial, Inovação e Raciocínio Lógico”, diz. E sublinha: “É preciso pensar a educação de modo menos técnico e mais humano. Na Rede Alub, por exemplo, a alfabetização pelo letramento deixa de ser um ato mecânico, mas um processo ativo, em que, aquele que aprende, reflete e age sobre a leitura e a escrita. Aqui a alfabetização e letramento caminham juntos”, arremata.

Nascido numa família modesta, Arthur Machado dedicou-se a um modelo de educação capaz de permitir alta qualidade a baixo custo, bandeira que defende com unhas e dentes. E conseguiu um feito notável com a Rede Alub. “Aqui nós preparamos os alunos para a vida. E fizemos isso olhando para as demandas existente hoje, não para regras inventadas por um inglês do século XIX. Esse é o nosso modelo de gestão”, conclui.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente