Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Mini-SUV da Renault chega por aqui em 2022

Antônio Albuquerque, Edição

Já está circulando na Índia o novo SUV compacto de entrada da Renault. Com 3,99 metros de comprimento, o Kiger é menor que o Duster. Trata-se do SUV do Kwid. O projeto foi desenvolvido a partir da plataforma alongada do subcompacto, chamada de CMF-A+, que estreou há alguns anos na minivan Triber, vendida apenas na Ásia. O Kiger deve chegar ao Brasil no próximo ano.

Apesar de ser menor que outros SUVs compactos populares, como Honda HR-V, Hyundai Creta e Nissan Kicks, o Renault Kiger estreia com boas chances de vir para o Brasil. Um de seus trunfos é o porta-malas de 405 litros, que fica próximo dos 430 litros (em média) do trio citado acima. Isso com um entre-eixos de 2,50 m que equivale ao de um hatch compacto.

O design do Kiger mostra influência da reestilização do Kwid indiano — que chegará ao Brasil na atualização do hatch em 2022. A dianteira traz o mesmo padrão de linhas, com faróis diurnos de LEDs bem fininhos no alto, e os faróis principais mais abaixo, agrupados junto às luzes de neblina. O estilo lembra a picape Fiat Toro e estará no novo Citroën.

o design faz o Kiger parecer maior do que realmente é nas fotos. Nesse sentido, contribuem para essa sensação a boa altura de 1,60 m, bem como a largura de 1,75 m. Da mesma maneira, os vários vincos e protuberâncias, especialmente nas laterais, realçam a musculatura do SUV.

Na traseira, há menos influência da reestilização do Kwid. As lanternas ficam em posição elevada, o que ajuda, portanto, a valorizar o porte de utilitário. Contudo, o conjunto ótico é mais sofisticado e exibe modernos contornos de LED. O estilo lembra, assim, o do SUV compacto Captur, com lanternas em formato de “C” simetricamente opostas.

O Kiger será um pouco mais caro do que primo-irmão Nissan Magnite. O SUV da marca japonesa também usa a plataforma CMF-A+ e deve substituir o March no Brasil. Dessa forma, o Renault ficará posicionado acima do Nissan, com um algo a mais por isso, que já pode ser visto na sua cabine mais caprichada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente