Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cultura

Morreu Quino, 88, pai da Mafalda, que será eterna

Carolina Paiva, Edição

O cartunista argentino Joaquin Salvador Quino Lavado morreu nesta quarta, 30, em Mendoza, na Argentina, aos 88 anos. Ele ficou conhecido por criar as histórias em quadrinhos da personagem Mafalda, que surgiu em tirinhas pela primeira vez em 1962.

O nome de Quino será sempre associado ao de sua personagem mais famosa, a menininha esperta, que brinca com metáforas sobre problemas políticos e sociais. São os quadrinhos mais traduzidos na língua espanhola.

Quino criou Mafalda já em seu primeiro emprego como desenhista publicitário, em 1962. A garotinha seria personagem de uma peça de propaganda, que foi rejeitada por jornais na época.

O autor retomou o personagem em 1964. As tirinhas, agora não mais comerciais, acabaram sendo publicadas em jornais do mundo todo. Mais tarde, os livros com a histórias de Mafalda foram traduzidos para mais de 30 idiomas.

A personagem também virou protagonista de um filme, produzido na Argentina e lançado em 1982. Além da garotinha, as tirinhas também tornaram célebres personagens como Manolito, Susanita, Guille, Felipe, Liberdade e Burocracia

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente