Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Moscou manda Washington pisar no freio com Teerã

Foto/Sputniknews
Bartô Granja

Os Estados Unidos estão exercendo uma forte pressão sobre o Irã, porém, sem oferecer opções alternativas ao país do Oriente Médio, disse o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Ryabkov, em entrevista ao jornal Rossiyskaya Gazeta.

O mês de maio marca o aniversário de um ano da saída dos Estados Unidos do acordo nuclear com o Irã, formalmente conhecido como Plano Conjunto de Ação Integral Conjunto (JCPOA).

Nos últimos meses, as tensões entre Teerã e Washington aumentaram e ambos os lados tem se alertado mutuamente sobre a possibilidade de um confronto militar, afirmando, porém que preferem evitar essa situação.

“Nós podemos ver a severa pressão por parte dos Estados Unidos em relação ao Irã e [podemos ver] as tentativas de chantagear esse país […]. Ao mesmo tempo, não há uma agenda positiva e os Estados Unidos não estão sugerindo quaisquer opções alternativas. Eles declaram apenas, inclusive no alto nível, que estão abertos ao diálogo. Mas isto não é uma base para negociações reais”, disse Ryabkov em entrevista divulgada na noite desta quarta-feira (28).

O diplomata insistiu que, se os Estados Unidos estivessem dispostos a dialogar com o Irã, deveria fazer sugestões sobre o que estão dispostos a oferecer em troca do início das negociações sobre os novos termos do acordo nuclear.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente