Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Mourão e Ernesto não cansam de trocar farpas

Foto: Valter Campanato/ABr
Antônio Albuquerque

O vice Hamilton Mourão e o chanceler Ernesto Araújo não se entendem. É como se falassem grego. Precisam urgentemente aprimorar seu português e receberem aulas de mandarim. Mourão é a favor de uma maior aproximação com a China, que vê como mercado potencial para os produtos brasileiros. Ernesto pensa diferente e quer convidar para a mesa apenas países indicados por seu padrinho Olavo de Carvalho. Essa ‘chinofobia’ velada, adverte Mourão, não leva a lugar nenhum.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente