Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

‘Mulher bem resolvida incomoda muito aos homens’

Carolina Paiva, Edição

Débora Nascimento afirmou que é bem resolvida sexualmente e falou sobre liberdade durante edição do programa Se Joga, na TV Globo, nesta segunda-feira, 14.

“Acho que incomoda uma mulher bem resolvida, consciente, sem papas na língua e feliz. Apenas a gente resistir, ser resiliente, estar inteira independente do que vão dizer de mim, do que vão achar de mim. A posição de ser feliz incomoda, mas deixa as pessoas pensando: ‘Por que esse julgamento?’”, declarou.

Em fevereiro, a atriz e José Loreto anunciaram a separação após quatro anos de casamento. Eles têm uma filha, Bella, que nasceu em abril de 2018.

Sobre separação, Débora Nascimento contou que teve de se redescobrir. “Houve uma morte e um renascimento. Eu renasci muito mais forte, mais consciente de mim, da minha potência, dos meus desejos. Hoje luto por eles e não aceito nada menos do que ser feliz”, disse.

No quadro ‘Invadindo o Celular’, a atriz ouviu um áudio de uma amiga pedindo descontos em procedimentos estéticos. Isso porque o novo namorado de Débora, Luiz Perez, é profissional da área.

Débora Nascimento também falou sobre o contato com a filha, Bella, que está com um ano e meio de idade.

“Recentemente fui para a Espanha, para um festival de cinema. Foi o maior período que passei longe dela. Uma semana. Eu ficava tensa, da amamentação. Voltei e quem chorou fui eu”, revelou.

A atriz deu risada e respondeu: “Ele é dermatologista. Ele já disse que faz tudo o que ela quiser. Já cavou e conseguiu. Vai ficar como? Com colágeno, o tal do brilho. Ele sempre dá umas dicas, comenta: ‘Aquela sua amiga poderia…ou exagerou ali’”, brincou Débora.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente