Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

‘Napoleão’, 63, mata e esquarteja esposa de 24

Bartô Granja, Edição

Um conhecido historiador russo confessou ter assassinado sua parceira, diz seu advogado. Ele admitiu o crime após ter sido resgatado de um rio com uma mochila contendo os braços de uma mulher.

Oleg Sokolov, de 63 anos, estava bêbado e caiu no rio enquanto tentava se desfazer de partes do corpo, informou a imprensa russa.

A polícia encontrou o corpo decapitado de Anastasia Yeshchenko, 24, em sua casa na cidade de São Petersburgo.

O professor Sokolov é um especialista em Napoleão e recebeu a Légion d’Honneur da França, condecoração dada a civis ou militares que contribuíram à nação.

“Ele admitiu sua culpa”, disse seu advogado, Alexander Pochuyev, à agência de notícias AFP, acrescentando que o historiador lamentou o que havia feito e agora estava cooperando com as autoridades.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente