Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

Navio da era colombiana achado no fundo do Báltico

Bartô Granja

Um navio quase intacto em um estado surpreendente de preservação foi encontrado no chão lamacento do Mar Báltico, onde permaneceu por centenas de anos. Com base em seu estado, os arqueólogos dataram o navio por volta do período moderno (final do século XV ou início do século XVI), também conhecido como a Era dos Descobrimentos, ou do Renascimento.

“É quase como se tivesse afundado ontem, com os mastros no lugar e o casco intacto”, disse em comunicado o arqueólogo marítimo Rodrigo Pacheco-Ruiz, da empresa de pesquisas marítimas MMT.

“Ainda no convés principal está um achado incrivelmente raro. O barco macio, usado para transportar a tripulação de ida e volta do navio, encostado no mastro principal. É uma visão verdadeiramente surpreendente”, acrescentou.

Surpreendentemente, o casco, o gurupés e partes dos mastros decorativos e alguns dos cordames permaneceram intactos também, o que os pesquisadores atribuíram às águas frias, levemente salgadas e geralmente inóspitas do mar Báltico.

A origem precisa do navio ainda é desconhecida. Uma vez que decorre de uma época em que nomear navios ainda era incomum, por enquanto foi rotulado Okänt Skepp, “Unknown Ship” em sueco. Ele tem cerca de 16 a 18 metros de comprimento, apenas um pouco menor que o navio capitania de Cristóvão Colombo, o Santa Maria, de 19 metros.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente