Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Garantindo o mel

Nova vacina pode afastar ameaça de extinção das abelhas

Publicado

Foto/Imagem:
Svetiana Ekimenko/Via Sputniknews - Foto Reprodução

Especialistas têm sinalizado que várias espécies de abelhas estão em risco de extinção devido ao aumento da perda de habitats e consequências das atividades humanas, com doenças também contribuindo para o declínio. Agora, porém, as abelhas melíferas estarão a salvo, pois uma vacina especialmente desenvolvida para os insetos polinizadores de importância crítica acaba de ser aprovada para uso pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unido.

Projetado para evitar a morte desta espécie de abelha devido a uma condição bacteriana conhecida como doença da Loque Americana, uma licença condicional para a inoculação foi aprovada esta semana, afirmou a empresa de biotecnologia Dalan Animal Health, Inc.

As abelhas são de vital importância para a polinização e, como tal, desempenham um papel crítico no ecossistema. No entanto, além das fatalidades resultantes de uma infinidade de fatores, incluindo atividade humana, perda de habitat, uso de pesticidas agrícolas, doenças também dizimam as colônias. A doença da Loque americana é altamente contagiosa e não tem cura, com colônias de abelhas afetadas normalmente queimadas junto com suas colmeias.

A nova vacina contém a bactéria Paenibacillus larvae de célula inteira inativa, que é incorporada à geleia real pelas abelhas operárias. Depois que a abelha rainha come, os fragmentos da vacina atingem seus ovários, concedendo subsequentemente imunidade às larvas em desenvolvimento.

“Estamos empenhados em fornecer soluções inovadoras para proteger nossos polinizadores e promover a agricultura sustentável. O crescimento da população global e as mudanças climáticas aumentarão a importância da polinização das abelhas para garantir nosso suprimento de alimentos. Trata-se de um avanço na proteção das abelhas. Estamos prontos para mudar a forma como cuidamos dos insetos, impactando a produção de alimentos em escala global”, afirmou Annette Kleiser, CEO da Dalan Animal Health.

Publicidade
Publicidade