Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


2 a 1

Novo uniforme vira amuleto e Palmeiras volta a vencer

Publicado

Foto/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição - Foto Cesar Greco

O Palmeiras bateu o Juventude neste sábado, no Parque Antártica, e findou uma sequência de cinco jogos sem ganhar. Na estreia do novo terceiro uniforme, o time de Abel Ferreira teve dificuldade para furar a defesa do adversário gaúcho, mas no segundo tempo fez o dever de casa e saiu com o triunfo por 2 a 1. O Palmeiras mantém a liderança do Campeonato Brasileiro e seca os rivais.

Nos minutos iniciais, o Palmeiras apostou em uma marcação no campo de ataque com muita posse de bola, mas a equipe de Caxias do Sul se fechou em bloco para dificultar os arremates dos donos da casa e explorar o contragolpe. Tanto que a primeira chegada mais perigosa foi em bola parada. Aos 14, por pouco o Juventude não marcou contra. Forster acertou a própria trave.

A insistente cera do goleiro Pegorari irritou a torcida, principalmente pela falta de atitude do árbitro em coibir o atraso no reinício do jogo. O Palmeiras passou a criar chances claras. Dudu perdeu um gol impressionante aos 28 minutos. Aos poucos, o volume ofensivo cresceu, e a equipe alviverde ameaçou mais a meta gaúcha.

O Palmeiras teve outras boas oportunidades na etapa inicial, mas a bola teimava em não entrar. Houve tentativas de diversas formas, cruzamentos, bola parada, chutes de fora da área, tabelas com Zé Rafael, Gómez, Rony, Dudu, Gustavo Scarpa e Piquerez.

A equipe palestrina voltou para o segundo tempo com sede de gol. Rony, antes de completar o primeiro minuto, recebeu lançamento de Marcos Rocha, invadiu a área pela ponta direita, chutou cruzado e inaugurou o placar no Allianz Parque. Ávido pelo segundo tento, o Palmeiras seguiu no ataque. O camisa 10 também tirou tinta da trave ao perder um gol impressionante após linda jogada aos 8 minutos.

A confiança aumentou, e o Palmeiras começou a arriscar jogadas plásticas. Em linda tabela, com direito a toque de letra, Gustavo Scarpa e Dudu criaram jogada pela direita e o meia só parou no goleiro Pegorari. No primeiro contragolpe do Juventude na etapa complementar, a zaga do Palmeiras se atrapalhou e após um bate-rebate, Guilherme Parede empatou o jogo.

Mas a alegria gaúcha durou pouco. Em cobrança de escanteio, Zé Rafael subiu livre para cabecear e recolocou o Palmeiras em vantagem no jogo, aos 21. Abel Ferreira aparentava gostar do nível de produção de seus comandados, dado que suas primeiras alterações só ocorreram aos 35.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebe em seus domínios o Santos. O jogo acontece no Allianz Parque, domingo, às 18h30. O Juventude, por sua vez, recebe na Serra Gaúcha o Fortaleza no mesmo dia, às 18h.

Publicidade
Publicidade