Aromas centenários

Novos perfumes Chanel celebram cidades da sua fundadora

Foto/Divulgação
Carolina Paiva, Edição

Biarritz, Deauville e Veneza. Três cidades que foram inspiração de estilo e da iconografia da Chanel agora se materializam na nova série de perfumes da grife. Batizada Les Eaux de Chanel (As Águas de Chanel), os lançamento buscam traduzir em fragrância a vibração de cada uma dessas cidades.

Deauville, na Normandia, foi lar da primeira boutique de Gabrielle Chanel, inaugurada em 1913. A eau de toilette Paris – Deauville é uma espécie de fragrância nômade, que traz notas frescas e terrosas como a cidade, considerada meio litorânea meio campestre. Entre elas estão as de laranja e manjericão, jasmim, rosa e patchouli.

Biarritz, no sudoeste francês, com seu estilo praiano e esportivo, inspira a mais aquática das “águas de Chanel”. “Queria criar uma sensação na pele como se cada ingrediente tivesse sido mergulhado em água”, declara o perfumista Olivier Polge, autor dos três lançamentos. Assim, Paris – Biarritz traz uma mistura de tangerina com toranja, íris, gerânio e almíscar. É fresh e levemente sensual.

A única representante estrangeira do trio é Veneza, a cidade para onde Chanel foi se recuperar do luto da perda do namorado Boy Capel, morto num acidente de carro em 1919. Uma cidade de forte influência oriental, a eau de toilette Paris – Venise é a mais envolvente entre os lançamentos, com notas macias que remetem a talco, como cumaru e baunilha, além de âmbar, frutas vermelhas e neroli.

COMPARTILHE