Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bizu

Número 2 da Receita cai por pegar no pé de Flávio

Pretta Abreu

O segundo em comando na Receita Federal caiu. A exoneração teria sido motivada por sua colaboração nas investigações contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no caso envolvendo Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio quando ele era deputado estadual. Investigado, Fabrício está em local incerto e não sabido. Ao mexer na casa de marimbondos, João Paulo Ramos Fachada Martins da Silva não resistiu à pressão. Seu substituto será o auditor-fiscal José de Assis Ferraz Neto, atualmente lotado na área de Fiscalização da Delegacia da Receita Federal no Recife.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente