Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

Origens do azar do espelho quebrado

Giuliana Alves

Na época em que os espelhos eram uma novidade, apenas nobres princesas e pessoas muito ricas os possuíam, pois eram caros e muito difíceis de encontrar. Se um serviçal acidentalmente quebrasse um espelho, sem dúvidas seu mestre lhe causaria muito “azar”.

Uma camponesa que trabalhava no palácio era muito dedicada e fazia seu trabalho com satisfação. Mesmo tendo poucas posses, se alegrava todos os dias com o nascer do sol e adorava ver o brilho das estrelas, amava os animais e cuidava da princesa com carinho, embora esta fosse mandona, arrogante e considerasse os serviçais inferiores, tratando-os muito mal.

Um dia, enquanto penteava os longos cabelos da princesa em frente ao espelho, acidentalmente, o derrubou e ele se quebrou. A princesa, diante dos cacos, xingou, amaldiçoou e rogou todas as pragas que conhecia, despedindo a serviçal e mandando que esta levasse consigo os cacos do espelho para dar muito azar. A humilde serviçal recolheu os cacos numa caixinha e foi-se embora muito assustada.

Quando chegou em casa, depois de uma longa caminhada sob o luar, já estava mais calma. E, ao olhar para os cacos do espelho, percebeu que na verdade tinha ganhado um presente! Jamais teria dinheiro para comprar um espelho e agora tinha muitos deles. Pegou uma jarra velha que também estava quebrada e colou todos os caquinhos em volta dela. Deixou a jarra na janela e adormeceu ali mesmo, tamanho era o seu cansaço.

No dia seguinte, despertou com um brilho e percebeu que eram os reflexos do sol em seus milhares de espelhos. Apesar das dificuldades do dia anterior, acordou alegre e foi colher flores para colocar dentro de sua nova jarra de espelhos. Quando voltou com as flores, um nobre cavalheiro lhe aguardava. Estava observando a jarra e perguntou a ela quem tinha feito aquilo.

Ela disse: “Fui eu.” E contou-lhe o que havia acontecido enquanto colocava as flores na jarra. O homem lhe ofereceu um emprego como artesã em seu ateliê, o que trouxe muita prosperidade para a moça, que ainda acabou se apaixonando pelo filho do patrão, se casando com ele e sendo muito feliz. Na janela de sua nova casa, estava a jarrinha com os espelhos refletindo a luz do sol e afastando energias negativas de sua casa, pois cada um dos milhares de fragmentos atuavam como espelhos protetores, refletindo exatamente aquilo que recebiam.

E quanto à princesa… Bom… Esta recebeu exatamente o que desejou à serviçal diante do espelho quebrado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente