Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Otan cerca russos no Báltico, e Moscou se previne

Foto/Sputniknews
Bartô Granja, Edição

Cinco helicópteros de ataque AH-64 Apache da Força Real Britânica chegaram à Base Aérea de Amari, na Estônia, como parte de um desdobramento mais amplo da Otan na região do Báltico, informou o serviço de imprensa das Forças de Defesa da Estônia. Espera-se que os helicópteros participem dos exercícios da OTAN Spring Storm e cubram a contingência da aliança na base militar próxima a Tapa, na Estônia, uma cidade localizada a cerca de 140 quilômetros da fronteira russa.

Os helicópteros reposicionados em breve realizarão seus primeiros vôos no espaço aéreo da Estônia, antes de se juntarem aos exercícios com quatro helicópteros multi-burros Wildcat britânicos AW159, que chegaram à base mais cedo.

Anteriormente, a embaixada francesa em Tallinn anunciou a chegada de uma unidade de 300 soldados do exército francês e da Legião Estrangeira na cidade estoniana de Tapa. As tropas ficarão na Estônia até o final de agosto, como parte da missão FRA-EFP LYNX, que visa impulsionar a presença da aliança na região. Paris também implantará cinco tanques Leclerc e 20 veículos de combate de infantaria, incluindo 13 VBCIs, que é uma versão francesa do Multi-Role Armored Vehicles (MRAV). Eles serão transportados para a Estônia de trem.

Moscou repetidamente expressou alarme sobre as atividades sem precedentes da Otan e aumentou sua presença na região, citando a suposta “ameaça russa”. O Kremlin afirmou anteriormente que a Rússia não representa ameaça para ninguém, mas não deixará nenhuma atividade potencialmente perigosa sem atenção.

A aliança fortaleceu consideravelmente sua presença perto da Rússia após a crise da Ucrânia em 2014, implantando grupos de batalha, realizando grandes exercícios e implantando aeronaves de reconhecimento e drones ao longo da fronteira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente