Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Casa e Decoração

Padrões geométricos são destaque nos revestimentos não cerâmicos

Foto/Divulgação
Thaís Ferraz

Entre os revestimentos não cerâmicos, um segmento também bem representado pela Expo Revestir, cores intensas e padrões geométricos encontrados na natureza foram os destaques. Do concreto ao MDF, passando pelas resinas, as marcas apostam na diversidade de materiais e nas novas tecnologias para criar peças que parecem desafiar os sentidos do observador, trazendo para dentro de casa ao menos um pouco do ambiente natural.

O elemento fogo, por exemplo, deu o tom a dois dos principais lançamentos da Castelatto, especialista em revestimentos de concreto: a linha Shou Sugi Ban, inspirada em uma antiga técnica japonesa de proteção da madeira por meio da queima, e a linha Ignis, que busca reproduzir o processo de solidificação do magma.

Revestimentos feitos a partir de pedras naturais, como mármore e quartzo, também pontuaram diversos estandes. “Por serem extraídas da natureza, as pedras são uma coisa única, por isso cada peça tem algo exclusivo”, afirma Priscila Fleischfresser Costa, diretora da Michelangelo Mármore Brasileiro. Neste ano, a marca lançou a linha Grigio Michelangelo, que combina o mármore ao concreto por meio de uma tonalidade branca que remete às nuvens. Estreante na feira, o grupo Guidoni trouxe como novidade a linha Topzstone, que dá uma abordagem cosmopolita ao quartzo natural.

Entre as madeiras, a Duratex apresentou a Coleção Viva!, com quatro padrões de painéis desenvolvidos para diferentes estilos de vida: Minimalista, Urbano, Consciente e Criativo. Já a Arauco apostou na tridimensionalidade e em materiais que permitem diversas interpretações de acordo com o olhar de quem observa. Caso da linha Lihat, produzida de MDF, que homenageia fenômenos naturais como a névoa, entre outros.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente