Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Emparedado

Palavra dada, palavra cumprida. É a lei, né, Mendonça?

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu - Foto Marcello Casal Jr

Novo ministro do Supremo, onde toma pose na próxima semana, André Mendonça está azeitando seu discurso para agradar os evangélicos sem quebrar a palavra de agir com isenção enquanto magistrado. Ao ser sabatinado na CCJ o Senado, ele comprometeu-se com a defesa dos direitos conquistados pela comunidade LGBTQIA+. É que caberá a ele, definido por Bolsonaro como alguém “terrivelmente evangélico”, dar o voto de desempate no julgamento que analisa se detentas transexuais e travestis têm direito de optar por cumprir a pena em presídios masculinos ou femininos.

Publicidade
Publicidade