Curta nossa página


Palmeiras passa pelo Criciúma e começa a fugir da degola

Publicado

Autor/Imagem:


O Palmeiras começou o segundo turno do Campeonato Brasileiro como o torcedor esperava: com vitória e uma pequena, mas importante distância da zona de rebaixamento. Nesta quarta-feira, no Pacaembu, a equipe paulista venceu uma partida de “seis pontos” contra o Criciúma, por 1 a 0, e respirou na tabela do torneio.

O atacante Cristaldo, no segundo tempo, fez o gol salvador. O argentino marcou o primeiro com a camisa alviverde e desencantou.

A vitória na capital paulista foi a primeira do Palmeiras sob o comando de Dorival Júnior. Contratado para o lugar de Ricargo Gareca, o técnico estreou na última rodada contra o Atlético-PR, quando empatou por 1 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Com o resultado positivo, o Palmeiras alcança os 21 pontos e agora aparece na 15ª colocação, a duas de distância da zona de rebaixamento. Já o Criciúma continua estacionado na degola, no 17º lugar, com apenas 18 pontos.

Na próxima rodada, o Palmeiras visita o Fluminense, no sábado, às 18h30, no Maracanã. Já o Criciúma recebe o Goiás, no domingo, às 18h30, no Heriberto Hülse, em Santa Catarina.

A equipe comandada por Dorival Júnior foi quem chegou primeiro. Aos 14min, Diogo recebeu de Juninho pela esquerda e cruzou. Leandro, sozinho, pegou fraco na bola e mandou nas mãos do goleiro Luiz. Apesar de uma postura mais defensiva, foram os visitantes que tiveram a melhor oportunidade. Aos 24min, Lucca bateu falta perigosa, e Fábio precisou se esticar todo para salvar os donos da casa.

Dorival teve uma baixa no sistema defensivo na metade da etapa inicial. O zagueiro argentino Tobio se machucou e precisou ser substituído. Porém, como no banco só tinha o jovem Nathan, primeira vez relacionado, para a posição, o técnico optou por colocar o volante Eguren, recuando Marcelo Oliveira para a zaga. Com isso, o Palmeiras perdeu qualidade na saída de bola e sentiu dificuldade para criar lances ofensivos.

As equipes inverteram os papéis na volta do intervalo. Dessa vez, quem dominava a posse de bola era o Criciúma, enquanto o Palmeiras esperava por algum erro dos rivais para sair no contra-ataque. Antes da bola rolar, Dorival apostou na entrada de Felipe Menezes no lugar de Leandro.

Logo no começo já era clara a estratégia que os clubes adotariam no jogo. O Criciúma jogava por uma bola, enquanto o Palmeiras se mandava mais ao ataque, mas com cautela para não deixar brechas para o rival. Apesar do domínio da posse de bola, o clube paulista pouco assustou.

Mesmo com um jogador de meio-campo a mais, o Palmeiras continuou sem conseguir criar. Dorival, então, mexeu novamente. Tirou Juninho e colocou Cristaldo, deixando a equipe novamente com três atacantes.

Apesar das duas alterações, quem chegava com mais perigo era o Criciúma. Aos 19min, Paulo Baier cruzou, Fábio Ferreira desviou e Fábio salvou mais uma vez o time. O Palmeiras conseguiu chegar com perigo só aos 28min. Weldinho driblou Giovanni e cruzou para Eguren. O uruguaio cabeceou rente ao poste e assutou o goleiro Luiz.

Quando a partida parecia se encaminhar para um empate sem gols, Cristaldo apareceu. O camisa 9 ganhou disputa contra o zagueiro Fabio Ferreira na área pela direita e, livre, finalizou cruzado, por baixo do goleiro, para marcar o primeiro tento com a camisa alviverde.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.