Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Para ABI, está na hora de Bolsonaro ir embora

Marta Nobre

Bolsonaro não está à altura do cargo que ocupa. Pronto. Com seus representados alvos permanentes do presidente da República, a Associação Brasileira de Imprensa enfim reagiu e disse o que muita gente pensa: o presidente deve arrumar as gavetas, pedir as contas e ir embora.

A postura da ABI, em nota pública, foi adotada após o País assistir estarrecido, na noite desta terça-feira, 24, a um pronunciamento em que o presidente Jair Bolsonaro minimiza os riscos da pandemia da Covid-19 e vai na contramão de todas as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde, tanto do Brasil, como do mundo.

Bolsonaro tenta, ao mesmo tempo, diz a nota da ABI, também responsabilizar a imprensa pela justificada apreensão que toma conta de todos.

“Num momento em que milhares de vidas são ceifadas em outros países e que o coronavírus chega a nosso país de forma ameaçadora, fazendo as suas primeiras vítimas fatais, Bolsonaro refere-se à pandemia como uma “gripezinha” ou um “resfriadinho” e, ainda mais grave, recomenda que as medidas preventivas não sejam adotadas pelos brasileiros. Dessa forma, contribui para que o País não se prepare para enfrentar a grave situação que estamos vivendo”.

Assinada por seu presidente Paulo Jerônimo de Souza, a nota da ABI enfatiza que “decididamente, num momento em que se exige serenidade e liderança firme e responsável, com seu comportamento irresponsável e criminoso o presidente mostra não estar à altura do importante cargo que ocupa.”

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente