Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Parece loucura, mas o X5 M Competition vale o risco

Antônio Albuquerque, Edição

Poucas pessoas no Brasil têm um milhão de reais na conta bancária para sacar e comprar um X5 M Competition. Mas muita gente tem um apartamento nesse valor. E a vontade que dá é se desfazer do imóvel e passar a viver por aí, na estrada e na cidade, a bordo do SUV mais caro do mundo.

Para quem quer, as lojas da BWM do Brasil começam a receber o modelo, com configuração mais potente já feita para o, então, SUV médio da marca alemã. O preço é de R$ 973.950. O modelo fabricado em Spartanburg (EUA) chega por importação com visual e ajustes mecânicos esportivos.

A força fica a cargo do motorzão biturbo de oito cilindros e do pacote M Driver. São 625 cavalos de potência a 6.000 rpm e um torque de 76,47 kgfm entre 1.800 rpm e 5.600 giros. Tudo gerenciado pelo cambio automático de oito marchas. Assim, com este empurrão, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 3,8 segundos, com máxima limitada aos 290 km/h.

Reforçando a esportividade do BMW X5 M Competition, a marca bávara oferece ainda o SUV com o pacote Competition da grife M. Este inclui rodas de 21 polegadas na dianteira e de 22 polegadas na traseira, sistema de exaustão, bem como diferencial de deslizamento limitado e autoblocante.

Nesse ínterim, há também suspensão adaptativa, bancos esportivos com com ajuste elétrico de lombar, ventilação e aquecimento para condutor e carona, além de revestimento do teto em Alcântara e detalhes em fibra de carbono na cabine. Destaque ainda para o sistema de som Bowers & Wilkins Diamond, com amplificador de 10 canais, 1.508 Watts e 20 alto-falantes com surround.

Em termos de tecnologia e conforto, o X5 M Competition traz ainda sistema de abertura e fechamento automático das portas e do porta-malas sem uso da chave. Bem como pacote de conectividade e serviços remotos e interativos do BMW ConnectedDrive. Além disso, o modelo tem a opção de trocar a chave física por uma versão digital para celular ou smartwatch.

Vale citar os sistemas de condução semiautônomos. Há auxílio ao motorista em manobras de estacionamento, em congestionamentos ou longas viagens. Complementam sensores frontais e traseiros, câmera 360°, assim como faróis inteligentes a laser com reconhecimento de pedestres e animais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente