Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Partidos vão encher cofre com 2 bi para eleições

Mário Camargo

As eleições para vereadores e prefeitos previstas para outubro próximo, podem até não se realizar, em razão da pandemia do novo coronavírus. Mas, apesar disso, o Tribunal Superior Eleitoral já tem em caixa 2 bilhões de reais destinados a gastos com candidaturas. O dinheiro (exatos 2 bilhões, 34 milhões, 954 mil e 824 reais) saiu dos cofres da União para os cofres do TSE na segunda, 1.

Os recursos serão empregados pelos partidos políticos no financiamento de suas campanhas nas eleições municipais deste ano. De acordo com o tribunal, 30% serão destinados às candidaturas femininas. O dinheiro é carimbado como destinado ao Fundo Eleitoral.

Nos próximos 15 dias o TSE definirá o valor a que cada legenda terá direito. Vencida essa etapa, será feita a transferência dos recursos para uma conta aberta pelo diretório nacional do respectivo partido para atender unicamente a essa finalidade.

Os recursos do Fundo Eleitoral ficarão à disposição das legendas somente depois de as siglas definirem critérios para a sua distribuição. Essas normas devem ser aprovados pela maioria absoluta dos membros do órgão de direção executiva nacional da sigla, e precisam ser divulgados publicamente. O dinheiro que não for gasto nas campanhas será devolvido ao Tesouro Nacional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente