Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


União de todos

Paulo Octavio presente na volta do ‘novo’ Caseb

Publicado

Foto/Imagem:
Carolina Paiva, Edição - Foto Renato Alves

A união de antigos alunos com o poder público devolveu a Brasília um de seus maiores patrimônios. A reforma completa do Centro de Ensino Fundamental (CEF) Caseb, na 909 Sul, foi entregue neste final de semana, em uma solenidade com a participação do governador Ibaneis Rocha, de secretários de estado e dos doadores que colaboraram com a reconstrução da primeira escola de Brasília, inaugurada em 19 de maio de 1960 por Juscelino Kubistchek, então presidente da República.

O Caseb fora parcialmente destruído em um incêndio em agosto de 2019. Ex-aluna da unidade, a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, liderou o um projeto entre autoridades e empresários que estudaram lá para, em ação voluntária e de parceria com o GDF, recuperar o prédio. “O Caseb faz parte da minha história. Aqui vivenciei alguns dos melhores momentos da minha pré-adolescência”, disse, ao lado da empresária Cosete Ramos, aluna da primeira turma do Caseb e apoiadora de primeira hora do projeto.

A proposta logo ganhou apoio de empresários como Paulo Octavio, que também estudou no Caseb. Ele doou 1,2 mil litros de tinta para pintura do espaço e agradeceu à primeira-dama por capitanear a reforma. “O Caseb é uma marca da cidade, onde aprendi muito graças a práticas educativas inovadoras e professores preparados. Essa escola é uma herança de JK e de momento muito rico e de renovação do sistema educacional brasileiro. Sou muito grato porque aqui moldei minha personalidade e caráter”, disse, elogiando ainda o governador Ibaneis Richa por resolver as questões maiores da cidade.

Para o governador, as parcerias público-privadas são muito oportunas. “Os resultados positivos provam que a união do público com privado pode dar certo, como vimos aqui. Isso nos prova que estamos indo no caminho certo”, disse. Já a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá lembrou a importância de pessoas que fazem parte do governo hoje e que passaram pelo ensino público. “Por isso somos obstinados a dar prosseguimento a esse sistema de ensino de qualidade no Distrito Federal.”

Publicidade
Publicidade