Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Lei de Gérson

Petrobras atropela Lula e aprova novo plano estratégico

Publicado

Foto/Imagem:
Dora Andrade, Edição - Foto Marcello Casal Jr

Apesar dos pedidos de adiamento por parte do governo eleito, de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a Petrobrás anunciou no meio da semana seu plano estratégico para os próximos anos.

“O plano ainda será nos moldes da atual administração. Mas a futura gestão da companhia deve indicar uma rota em direção à transição energética”, avaliam especialistas do setor.

Coordenador-executivo do grupo de trabalho – da transição de governo – na área de energia, Mauricio Tolmasquim indica que a nova gestão da estatal, que assumirá a partir de 2023, poderá enfatizar outros aspectos relacionados a investimentos, atualmente centrados na exploração e produção de campos de petróleo da camada do pré-sal.

“Alguns aspectos vão ser revistos, como a transição energética, de transformar a Petrobrás em uma empresa de energia”, disse. Ou seja, se os atuais dirigentes queriam levar vantagem, eram um tiro no pé.

Publicidade
Publicidade