Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

PF cerca deputado que aliviou corruptos

Bartô Granja, Edição

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (21), operação em quatro estados para desarticular esquema fraudes a fundos de pensão. A operação batizada de Grand Bazaar foi autorizada pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal . Um dos alvos é o deputado Sergio Souza (MDB-PR).

Sergio Souza foi relator da CPI dos fundos de pensão realizada em 2016. Ele é suspeito de ter acobertado nomes para não incluir no relatório e consequentemente livrar de eventual indiciamento por irregularidades no Funcef, Postalis, Petros e Previ.

A ação envolve 18 mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba (PR), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF). Segundo a PF, são alvo das buscas autoridades públicas, operadores financeiros, um advogado e empresários que teriam pago vantagens indevidas ao parlamentar em troca de proteção na CPI dos fundos de pensão.

De acordo com a PF, a investigação do caso começou em 2018, a partir de depoimentos de delação premiada de um operador financeiro que atuou em outros esquemas já investigados pela PF nas Operações Cui Bono e Patmos, de 2017.

O suposto ciclo de lavagem de dinheiro investigado envolvia a remessa de recursos desviados dos fundos de pensão para empresas de fachada nos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente