Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Periscópio

Pinto por pinto, quem tem galo aparece mais para o público



Um artista performático sul-africano que amarrou um galo vivo em seu pênis durante uma apresentação improvisada ao ar livre perto da Torre Eiffel, em Paris, foi considerado culpado de “exibicionismo sexual”, mas o tribunal local não estabeleceu uma sentença, disseram os promotores. Apesar de querer só aparecer, ele vai passar uns dias fechado em uma cela.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente