Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Casa e Decoração

Plantas que atrapalham a energia dentro de casa

Carolina Paiva, Edição

Ter um lugar para chamar de seu é o sonho de muitas pessoas. Elas procuram uma casa ou um apartamento próprio não somente para se tornarem indivíduos mais independentes, mas também para terem a liberdade de escolher a decoração que mais combina com a sua personalidade sem nenhum tipo de impedimento.

Nesse momento de muita alegria, entretanto, é importante levar algumas características em consideração. Por exemplo: precisamos ter a certeza de que tudo o que escolhermos para ser colocado em um ambiente esteja em harmonia. Mais do que isso, é necessário que a sua energia seja benéfica para nós, caso contrário lidaremos com uma série de problemas.

Nesse cenário, o Feng Shui surge com a solução perfeita para todas as pessoas, porque essa técnica milenar ajuda todos aqueles que possuem dúvidas em relação à energia e à decoração de suas casas, incluindo todo tipo de objeto, tanto aqueles considerados mais tecnológicos quanto aqueles mais naturais, como as plantas.

Antes de tudo, entretanto, devemos entender o que é, de fato, o Feng Shui, que pode ser aplicado não só em residências, mas também em empresas, indústrias e até mesmo consultórios médicos.

Embora muitas pessoas acreditem que a técnica chinesa, criada há mais de dois mil anos, não passe de dicas de decoração, a verdade é que quando todas as suas regras são seguidas corretamente, as pessoas são capazes de perceber grandes benefícios em suas vidas.

De maneira simplificada, o Feng Shui tem como principal objetivo utilizar a energia de tudo que é disposto em um ambiente a nosso favor, desde móveis até plantas e flores. Assim, combinamos as potências de diferentes ambientes, de modo que elas se tornem ainda mais poderosas e vantajosas para os indivíduos.

Pode parecer algo simples, mas a verdade é que o Feng Shui possui uma série de regras, por isso se tornou uma arte bastante complexa. Sendo assim, é comum que se contrate pessoas especializadas nessa área para que elas nos auxiliem nesse momento tão importante.

Contudo, se você pretende fazer pequenas modificações ao longo do tempo apenas para ir testando a eficiência do Feng Shui, não há problema nenhum em fazer isso de maneira independente. Apenas lembre-se sempre de seguir à risca todas as regras dessa técnica e entender as diferentes necessidades de cada cômodo.

Ao utilizar a energia de todos os objetos de maneira eficiente e agradável, o Feng Shui nos ajuda a criar um ambiente saudável, próspero e harmonioso, levando embora toda a negatividade que poderia eventualmente colocar em risco a saúde física e mental das pessoas que passam por ali.

Por nos proporcionar maior calma e harmonia, essa técnica também nos deixa mais produtivos, por isso o Feng Shui está sendo adotado em vários escritórios, para tornar os ambientes menos estressantes e mais produtivos. Dentre os seus principais benefícios, podemos citar:

• Melhoria no sono;
• Desempenho melhor nos estudos e na profissão;
• Diminuição de problemas interpessoais.

Para que isso seja possível, hoje em dia as pessoas vem combinando tanto objetos mais tecnológicos quanto os mais naturais, como plantas e flores.

Hoje em dia, muitas pessoas procuram técnicas do Feng Shui que incluem o mundo tecnológico em suas regras. Assim, elas não correm o risco de desequilibrar toda a energia de um ambiente por causa de uma televisão colocada no lugar errado, por exemplo.

Nesse momento, muitas pessoas se esquecem de prestar atenção em algo bastante básico: os elementos naturais dispostos no local. Muitos acreditam que, por se tratar de algo retirado diretamente do meio ambiente, eles não apresentam riscos ao nosso bem-estar. Essa visão, contudo, é errada e pode nos causar sérios problemas.

Por isso é importante ficar atento não somente às pedras e aos cristais que são dispostos em um ambiente, mas também às plantas e às flores que são colocadas na parte interna de um local. Isso porque elas emitem energias muito específicas, que, para serem aproveitadas corretamente, exigem muita atenção.

Além disso, algumas plantas e flores oferecem energias tão potentes que, em um local fechado, podem acabar causando mais malefícios do que benefícios. Nesse cenário, o Feng Shui nos mostra a melhor forma de proceder e também de organizá-las no local.

Quais plantas evitar?
Apesar de normalmente serem uma fonte de energia positiva, algumas plantas podem desequilibrar a harmonização de um ambiente, principalmente os internos. Por isso é importante que, antes de escolher aquelas que irão fazer parte da sua decoração, você saiba quais é importante evitar.

Aqui listamos seis plantas que, apesar de belas e poderosas, de acordo com o Feng Shui não são benéficas para o ambiente interno. Confira:

• Chorões: apesar de ser bastante bela, essa planta propaga a sua energia de maneira bastante particular, o que dificulta o controle proposto pelo Feng Shui. Além disso, depois de um tempo, ela faz com que a terra ao seu redor se torne arenosa e infértil, o que pode atrair energias negativas, comprometendo toda a harmonização do ambiente;

• Roxinha: quando falamos em plantas, muitas pessoas pensam instantaneamente na cor verde. Entretanto, com a roxinha, isso não acontece, porque essa planta não possui nenhuma parte que, como o próprio nome indica, não seja roxa. Isso cria uma energia pesada e não harmônica, por isso não é recomendada pelo Feng Shui;

• Samambaia: por ficar com as suas folhas sempre voltadas para baixo, a samambaia pode espalhar uma energia que atrai diversos problemas de saúde para as pessoas, tais como a insônia, a anemia, o alcoolismo e o tabagismo. Apesar de poder ser equilibrada com a presença de outras plantas, requer atenção constante, por isso o Feng Shui não indica a sua utilização;

• Coroa de Cristo: com uma coloração bastante forte e alegre, as pessoas acabam se enganando com essa planta. Apesar de sua aparência agradável à primeira vista, ela possui ramos contorcidos e cheio de espinhos. Isso remete não somente ao sofrimento de Jesus, mas também atrai más energias;

• Bromélia: bela e chamativa, a bromélia não atrai nenhum tipo de negatividade, entretanto é extremamente poderosa, por isso pode acabar bagunçando todo o equilíbrio de um ambiente fechado com sua forte energização. Assim, o Feng Shui indica a sua utilização somente em locais abertos e bastante arejados;

• Comigo-ninguém-pode: de acordo com o Feng Shui, todo e qualquer tipo de planta venenosa não deve ficar dentro de uma residência. Por isso é que o comigo-ninguém-pode é bastante evitado pelas pessoas adeptas dessa prática.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente